Blog

Zé Ricardo elogia poder de reação do Vasco, após goleada ‘Parecia outra equipe’ O Dia


Thiago Galhardo tenta
a jogada: o meia
entrou bem na partida –

Santa Catarina – Atitude. Essa foi a diferença do Vasco do primeiro para o segundo tempo. O desgaste físico e psicológico causado pela viagem de Buenos Aires para Chapecó e pela derrota para o Racing-ARG, pela Libertadores, influenciou o rendimento da equipe. Zé Ricardo destacou a força mostrada nos últimos 45 minutos, com chances reais de virar o jogo, que terminou empatado em 1 a 1.

“No segundo tempo, parecia outra equipe. Talvez por causa do calor e do desgaste da viagem para a Argentina, a gente tenha se poupado um pouco. Custou uma atuação abaixo. Fizemos uma cobrança no vestiário para voltarmos ao nosso jogo normal. Surtiu efeito, empatamos com mérito e tivemos chance de virar”, avaliou o treinador.

A mudança de comportamento voltou a apresentar a marcante característica da equipe em 2018, que é acreditar até o fim. E é esse o mantra que será repetido até a decisão de quinta-feira. Com apenas um ponto, o Vasco recebe o Racing, em São Januário, em busca da própria sobrevivência na Libertadores. O grupo folgará hoje, mas já virou a chave.

“Temos seis pontos para disputar em casa (na Libertadores). Precisamos ganhar na quinta-feira, mas sabemos que vamos enfrentar uma grande equipe. Com o apoio da torcida, vamos nos sentir mais cofiantes para buscar esse resultado tão importante”, disse Zé.

DIEGO SOUZA

O São Paulo recusou mais uma proposta do Vasco pelo empréstimo do meia-atacante, de 32 anos. Diego Souza não foi relacionado para enfrentar o Ceará, porém, uma reunião da cúpula do clube decidiu dar uma segunda chance ao jogador, que custou R$ 10 milhões, em janeiro.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo