Blog

Zé Ricardo cria clima decisivo para encarar o Jorge Wilstermann O Dia



Zé Ricardo preferiu não fazer mistério para jogo contra o Jorge Wilstermann – Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Rio – O Vasco tem esta quarta-feira, às 21h45, em São Januário, mais uma batalha rumo à fase de grupos da Libertadores. Contra os bolivianos do Jorge Wilstermann, os comandados de Zé Ricardo precisam de uma vitória com boa margem de gols para depois encarar, na próxima semana, a altitude de 2.810 metros de Sucre.

“Temos de fazer da partida uma grande final de Copa do Mundo. Não esperamos um jogo fácil, até porque se trata de uma equipe perigosa, com jogadores habilidosos e que fazem a diferença no um contra um. Estamos confiantes, mas precisamos estar equilibrados em todos os setores. Vamos procurar pressioná-los e mantê-los longe do nosso gol. Com equilíbrio, esperamos conseguir uma vantagem. O importante é não tomar gols e ter o adversário sob controle”, afirmou o técnico Zé Ricardo.

Se depender do retrospecto na competição, o Vasco pode ficar despreocupado, já que nos dois confrontos com a Universidad de Concepción (CHI) foram seis gols a favor e nenhum sofrido. E é justamente na defesa que Zé Ricardo será obrigado a mexer. Entra Paulão no lugar de Erazo, expulso na última partida.

“É lógico que quando há uma troca, ocorre um pequeno ajuste, mas talvez possa ser positivo. Estávamos jogando com dois canhotos na zaga (Erazo e Ricardo) e podemos ganhar algo na saída de bola pelo lado direito”, lembrou o treinador.

Se passar pelo Wilstermann, o Vasco entrará no Grupo 5, que tem Cruzeiro, Racing (ARG) e Universidad de Chile. 

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo