Blog

Vasco, um turno depois do jogo polêmico, traz diferenças para o clássico

Uma das principais mudanças é no comando da equipe, que agora conta com Zé Ricardo (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

O Vasco que vai enfrentar o Flamengo neste sábado, às 19h(de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro em nada lembra a equipe que atuou no primeiro turno, na derrota de 1 a 0 em São Januário, em um duelo marcado pela grande violência após o apito final. Vândalos invadiram o gramado, as cabines de rádios, protagonizaram cenas de selvageria e o saldo teve um torcedor morto do lado de fora do estádio.

Passado um turno, o Vasco ainda não voltou a contar com o apoio de sua torcida em São Januário. Sofreu uma punição que só terminou no clássico contra o Botafogo, há duas semanas, disputado no Maracanã. No sábado, no mesmo estádio, o time empatou por 1 a 1 com o Coritiba.

Dentro de campo as mudanças mais sensíveis começaram no início do segundo turno, quando Zé Ricardo substituiu ao demitido Milton Mendes, que vinha enfrentando alguns problemas com o elenco. O novo comandante, curiosamente, estava dirigindo o Flamengo no jogo do turno.

Se naquela ocasião o Vasco falava em rebaixamento e vivia muitas irregularidades, agora o time entrará em campo tendo ganho dez dos últimos 12 pontos disputados, o fantasma da Segundona não assusta mais e a briga é mesmo por um lugar na próxima Copa Libertadores.

“Conseguimos crescer ao longo da competição e isso é muito importante. Estamos chegando mais encorpados para a reta final e animados com a possibilidade de jogarmos a Libertadores”, explicou o goleiro Martín Silva.

A defesa vascaína, por sinal, é motivo de orgulho pelo bom trabalho desempenhado. O setor, porém, mudou muito em relação ao jogo do turno. Gilberto, Paulão, Rafael Marques e Henrique foram usados naquele jogo, com Martín Silva no gol. Hoje, apenas o uruguaio é titular e a linha a sua frente conta com Madson, Anderson Martins, Breno e Ramon. Sendo que no próximo sábado Paulão ocupará a vaga de Breno, suspenso pela expulsão contra o Coritiba.

O ataque segue preocupando. Principalmente porque o artilheiro Luis Fabiano jogou muito pouco de lá para cá, emplacando uma sequência no departamento médico e já é desfalque certo no próximo sábado. Resta saber como o Cruz-Maltino vai se comportar neste clássico.

Dentro de campo Zé Ricardo comandou uma atividade tática nesta quarta-feira pela manhã, mais uma vez sem presença da imprensa. O time será definido, porém, nas últimas atividades da semana. Nesta quinta o plantel vai treinar pela manhã.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo