Blog

Vasco tem confronto direto contra a Chapecoense em São Januário

Em duelo entre equipes que fazem campanhas bem semelhantes, o Vasco recebe a Chapecoense neste sábado, em São Januário, em confronto válido pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Cruz-Maltino vem de empate por 1 a 1 com o Sport e aparece na nona colocação com 32 pontos, um a mais do que o campeão catarinense, que está em décimo lugar e chega embalado após duas vitórias por 1 a 0 sobre Grêmio e Ponte Preta.

Este será o último duelo em que o Vasco terá que jogar com os portões fechados. A punição foi dada ao clube por conta do mau comportamento de sua torcida na derrota de 1 a 0 para o Flamengo, ainda pelo primeiro turno, que fez o estádio vascaíno se transformar em um verdadeiro campo de batalha.

Zé Ricardo, técnico do Vasco, conversou com os seus jogadores sobre a importância de se tomar cuidado com essa subida de produção da Chapecoense no Campeonato Brasileiro. O comandante entende que esse fator pode complicar a vida do seu time.

Vasco está na nona colocação (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

“A Chapecoense é um time que vem crescendo nesta reta final de Campeonato Brasileiro e os jogadores estão envolvidos pelo que representa essa campanha para a equipe por conta de tudo o que aconteceu. É um grupo comprometido e vamos precisar jogar muita bola se quisermos ganhar”, disse o treinador vascaíno.

Por sua vez, na visão dos jogadores do Vasco, a vitória é tratada como fundamental, uma vez que eles entendem que este é o momento de encostar de vez na zona de classificação para a próxima Copa Libertadores. O goleiro Martín Silva destacou a importância de conquistar três pontos nesta fase do torneio.

“É um jogo que pode ser considerado chave pelo momento que estamos vivendo na competição e pela pontuação que podemos atingir em caso de triunfo. Estamos entrando naquela fase em que os clubes vão se posicionar, deixando claro pelo que pretendem brigar no ano. Então temos que buscar uma pontuação que nos credencie para coisas boas e isso passa por ganhar esse jogo em casa”, afirmou.

Como a maior parte dos treinos do Vasco é fechada para a imprensa, a escalação para este compromisso deverá ser um mistério desfeito somente minutos antes do confronto. Porém, Zé Ricardo deverá repetir a escalação que empatou com o Sport em Pernambuco.

Quem segue fora é o atacante Luis Fabiano, sem jogar desde o primeiro semestre por conta de uma cirurgia no joelho direito. O jogador, que estava sendo preparado para retornar, voltou a sentir dores e chegou a desabafar nas redes sociais contra o péssimo momento na carreira.

Pelo lado da Chapecoense, o técnico Emerson Cris cobrou personalidade de seu time. O comandante sabe da dificuldade de enfrentar a equipe carioca em São Januário, mas acredita que a Chape tenha condições de deixar o Rio de Janeiro com uma vitória.

Chape terá confronto direto com o Vasco (Foto: Sirli Freitas/Chapecoense)

“Sabemos que não é nada fácil jogar na casa do Vasco e estamos preparados para termos problemas. Porém, não podemos nos acuar e temos que jogar com personalidade, como quem sabe que tem condições de deixar o confronto com os três pontos. Fazer um grande jogo só depende daquilo que queremos entregar em campo”, analisou.

Para este compromisso, a Chapecoense ganhou o reforço do zagueiro Douglas Grolli, que volta na vaga de Douglas após cumprir suspensão. Já o volante Elicarlos ocupa o posto de Lucas Marques, que está suspenso.

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro, as duas equipes se enfrentaram na Arena Condá, em Chapecó, e a Chapecoense venceu por 2 a 1. Naquela ocasião, Andrei Girotto e Arthur anotaram os tentos do time catarinense, enquanto Jean descontou para os cariocas.

FICHA TÉCNICA
VASCO X CHAPECOENSE

Local: estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 30 de setembro de 2017 (Sábado)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa-GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)

VASCO: Martín Silva, Madson, Breno, Anderson Martins e Ramon; Jean, Wellington, Yago Pikachu, Nenê e Mateus Vital; Andrés Rios
Técnico: Zé Ricardo

CHAPECOENSE: Jandrei, Apodi, Douglas Grolli, Fabricio e Reinaldo; Moises, Elicarlos, Mineiro e Alan Ruschel; Arthur e Wellington Paulista
Técnico: Emerson Cris

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo