Blog

Vasco oficializa e apresenta laterais Cláudio Winck e Cáceres

Assim como fez com Bruno César e Danilo Barcelos, o Vasco oficializou e apresentou nesta sexta-feira os laterais-direitos Cláudio Winck e Raul Cáceres. Os dois jogadores chegam para disputar a posição na equipe titular no setor considerado mais carente do elenco cruzmaltino.

Cláudio Winck disputou a última temporada pelo Sport e chega com a bagagem de ser sobrinho do ex-jogador Luis Carlos Winck, que atuou pelo Vasco e foi campeão brasileiro pelo clube em 1989. O jogador destacou que está mais maduro e focado em buscar um equilíbrio entre ser ofensivo e defensivo.”

“Sempre fui muito ofensivo. Sempre deixei claro isso. O pessoal vê nos meus jogos, mas eu procuro buscar o equilíbrio também, porque é importante o lateral defender. Acho que nos últimos anos tenho focado isso. O que o professor pedir eu vou fazer. Vivo um outro momento. Já tenho uma rodagem a mais. Me sinto muito mais preparado do que quando comecei no Inter. Vivo um momento bem física e mentalmente para fazer um bom ano no Vasco”, disse.

Cláudio também falou sobre a disputa por uma vaga com o paraguaio. “Vai ser uma disputa sadia. O Raul é um excelente jogador e quanto mais jogadores de qualidade melhor vai ser nosso ano. Eu também jogo na linha da frente, então quem sabe podemos jogar juntos, sim”, declarou.

Raul Cáceres estava no Cerro Porteño e tem um estilo de jogo diferente de Winck. O jogador é pouco conhecido da torcida. O paraguaio ressaltou a importância de chegar ao Vasco.

“A sensação de vestir essa camisa é única, porque é uma equipe grande. Era um sonho que eu tinha de vir jogar no Brasil. Agora, é esperar a que me chegue uma oportunidade para jogar e mostrar porque estou aqui. Estou muito contente de jogar no Brasil, a uma equipe muito grande como o Vasco. Vou fazer uma boa pré-temporada para me adaptar o mais rápido possível ao futebol brasileiro. Sou um lateral que gosta de atacar muito, também, mas no último ano melhorei muito na marcação, que era algo que me faltava. Sou um jogador muito regular, com bom estado físico, o que me dá a possibilidade de jogar muitas partidas”, pontuou.

Por fim, Cáceres ressaltou que a visibilidade que o Vasco tem pode fazer com que ele ganhe uma chance na seleção paraguaia.

“Fazendo bem as coisas aqui, aparecerá uma chance na seleção. Mas creio que tenho de me adaptar o mais rápido possível à equipe. Se as coisas saírem bem, vai aparecer uma chance”, concluiu.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo