Blog

Vasco: Longe do Caldeirão, mas pronto para fazer valer o mando O Dia

Brasília – De volta ao Campeonato Brasileiro após a derrota para a LDU na Copa Sul-Americana por 3 a 1, o Vasco será mandante contra o Corinthians, às 11h, mas longe do caldeirão de São Januário. A diretoria vendeu a partida para o Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Precisando reforçar os cofres do clube, o jogo vai render cota fixa de R$ 800 mil.

O técnico Jorginho sabe da importância de uma vitoria para o time se aproximar do pelotão de frente do Brasileiro. Atualmente em 11° lugar, com 19 pontos, a cinco do sexto colocado, o Vasco tem dois jogos a menos na tabela, adiados devido a compromissos pela Copa do Brasil e Sul-Americana: contra o Santos e Atlético-PR fora de casa.

Se não podem contar com a força de sua torcida, um dos trunfos da equipe em São Januário, os jogadores esperam um grande apoio em Brasília, mesmo sabendo que terão de ver a arquibancada dividida com os corintianos. Mas, pela recepção ao desembarcar na capital federal, a promessa é que os vascaínos compareçam em grande número.

CONFIANÇA E MORAL

No campo de jogo, o técnico Jorginho terá o retorno de três importantes peças: o zagueiro Breno, o volante Desábato e o hoje apoiador Pikachu, artilheiro e destaque do time na temporada, poupados na derrota para a LDU, em Quito. O lateral-esquerdo Ramon, recuperado de uma lesão na coxa esquerda, também estará à disposição.

Pikachu diz que o time está muito confiante em voltar ao Rio com um bom resultado: “Enfrentamos uma das melhores equipes do Brasil (Grêmio), com um jogador a menos desde o primeiro tempo. Depois eles venceram o São Paulo. Isso nos dá moral.”

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo