Blog

Vasco busca reação diante da Chapecoense na Arena Condá

Reação. Esta é a palavra que mais vai ser falada na Arena Condá, em Chapecó (SC), neste domingo, às 16h(de Brasília), quando Chapecoense e Vasco vão medir forças pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O Verdão vem de dois péssimos resultados. Perdeu a final do Campeonato Catarinense para o Figueirense por 2 a 0 e foi goleado pelo Atlético-PR por 5 a 1 na estreia no Brasileirão.

O Vasco, por sua vez, estreou bem no Brasileiro, ganhando por 2 a 1, de virada, do Atlético-MG. Mas a boa impressão ficou na Argentina na última quinta-feira, quando foi goleado pelo Racing por 4 a 0, ficando em situação muito delicada na Copa Libertadores.

Na primeira rodada, o Vasco derrotou o Atlético-MG (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Zé Ricardo, técnico do Vasco, sabe que um tropeço pelo Brasileiro pode esquentar o clima no clube, que também não assimilou bem a perda do título do Campeonato Carioca para o Botafogo. O desgaste, porém, é uma preocupação. Ainda mais porque o tempo de recuperação é muito curto e a viagem de Buenos Aires até o interior de Santa Catarina está longe de ser uma viagem muito tranquila.

“Vamos a campo para buscar a vitória, no nosso limite, como temos feito ao longo de toda esta temporada. O resultado contra o Racing não foi o esperado, mas temos que superá-lo”, disse o treinador.

A Chape, de Guilherme, perdeu de goleada para o Atlético-PR na rodada de estreia (Foto: Sirli Freitas/Chape)

Crise também é palavra que ronda à Chapecoense. Tanto que depois da goleada na estreia apenas o meia Vinícius foi liberado para conversar com os jornalistas. E ele não escondeu o clima de insatisfação com o mau momento.

“Estamos muito bravos e chateados com os últimos resultados. A gente vinha disputando bons jogos, mas nesses dois últimos as derrotas não poderiam ter acointecido. Agora temos que trabalhar no sentido de melhorarmos. O compromisso contra o Vasco vai ser muito complicado, pois trata-se de um grande adversário. Mas a vitória é o único resultado que nos interessa”, disse o apoiador.

Em termos de escalação, o técnico Gilson Kleina só deverá divulgar momentos antes do confronto a escalação. Para reforçar a marcação o volante Elicarlos reaparece, provavelmente na vaga de Márcio Araújo, substituído na estreia. A grande novidade, porém, pode pintar no ataque, onde o novo reforço, Leandro Pereira, teve a documentação regularizada na CBF e serve de opção. Ele disputa posição com Arthur Caíke.

Para este jogo o Vasco deve abandonar o esquema com três volantes, com Bruno Silva deixando o time e ficando como opção no meio-de-campo. Assim, Yago Pikachu deve retornar ao meio, com Rafael Galhardo entrando na lateral direita. No ataque, o argentino Andrés Ríos deverá dar a vaga ao colombiano Duvier Riascos.

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE-SC X VASCO-RJ

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 22 de abril de 2018 (Domingo)
Horário: 16h(de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (Fifa-SP)
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Herman Brumel Vani (SP)

CHAPECOENSE: Jandrei, Apodi, Rafael Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Amaral, Elicarlos, Héctor Canteros e Vinícius; Leandro Pereira (Arthur Caíke) e Wellington Paulista
Técnico: Gilson Kleina
VASCO: Martín Silva, Rafael Galhardo, Paulão, Frickson Erazo e Henrique; Leandro Desábato, Wellington, Evander, Yago Pikachu e Wágner; Duvier Riascos
Técnico: Zé Ricardo

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo