Blog

Últimas notícias do Santos – Um resumo do que aconteceu no Peixe na semana

Neste início de temporada, perder não tem sido um resultado comum para o ​Santos. Mas quando um revés acontece, ele costuma ser acachapante: depois de sofrer um doloroso 5 a 1 do Ituano na primeira semana de fevereiro, o Peixe voltou a ser goleado na última quarta (20), desta vez pelo Botafogo-SP. Além da dura derrota, a semana foi marcada por algumas agitações de bastidores e aproximações de mercado, que detalharemos a seguir. 

Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​Atuação apática, goleada e definição das quartas

​Na última quarta (20), o Paulistão viveu sua última rodada da fase classificatória. O Santos, classificado às quartas com três rodadas de antecedência, optou por entrar em campo com reservas, decisão que acabou sendo ‘punida’ pelo Botafogo-SP, que estava ameaçado de rebaixamento: ​4 a 0 para a equipe de Ribeirão Preto, em atuação irreconhecível dos alvinegros. O adversário do Peixe nas quartas será justamente o time que terminou em primeiro em sua chave, o RB Brasil, dono da melhor campanha da primeira fase. Os jogos serão nos dias 23 e 26 de março, no Pacaembu e no Moisés Lucarelli, respectivamente.

Atrasos salariais e atitude rígida de Sampaoli

​Ainda que tenha conseguido contratar reforços relevantes na janela de transferências, especialmente após muita pressão do comandante argentino, a questão financeira segue sendo um problema rotineiro nos bastidores do Peixe. ​A cúpula de futebol do clube tem feito esforços para buscar receitas e quitar débitos junto ao elenco, que está com salários atrasados. Tal situação foi publicamente criticada por Sampaoli, que fez questão de devolver os seus vencimentos – o único em dia no clube -, até que o Santos acerte as pendências junto aos jogadores e outros funcionários alvinegros.

Possível retorno de ‘velho conhecido’ e especulações mornas

​A nível de contratação e especulações, a semana foi morna. As ‘novelas’ envolvendo o lateral Jorge e o ​volante Jobson seguem correndo nos bastidores, mas ficaram em segundo plano diante das novas preocupações do clube, citadas no item acima. Ainda que estar em dia com o atual grupo seja a prioridade máxima da diretoria no momento, o Santos sabe que tem carências pontuais em seu elenco, em especial a posição de centroavante, ‘adormecida’ desde a saída de Gabigol. Para tentar amenizar o problema do setor, o clube estuda antecipar o retorno de Diego Cardoso, ​atacante que está emprestado ao Guarani.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo