Blog

Top 4, Mano se declara ao Cruzeiro e elogia time a contra Patrocinense

​O Cruzeiro foi motivo de felicidade para seus torcedores nesse sábado (23). Pelas quartas de final do Campeonato Mineiro, a equipe celeste não tomou o menor conhecimento do Patrocinense e goleou por 5 a 0, com gols de Fred, Rodriguinho (2) e Marquinhos Gabriel (2). Com isso, a equipe se tornou a primeira a garantir vaga na semifinal do torneio e segue sendo a única equipe das séries A e B que ainda não foi derrotada no ano. A partida desse sábado também foi motivo de grande alegria para um funcionário da Raposa. 

O técnico Mano Menezes só teve motivos para comemorar. Além da vitória e consequente classificação para a fase semifinal do Mineiro, a atuação da equipe dentro de campo deixou o treinador muito feliz. Em entrevista coletiva após o jogo, ele avaliou o time celeste. Para ele, a equipe mostrou um comportamento vencedor, algo que ele julga importantíssimo, ainda mais nesta fase da temporada.

Estou muito contente com o que vi, com o que a equipe produziu, com o placar, que não é muito comum nesse momento de disputa, que começam as eliminatórias, com o comportamento dos jogadores para construir a vitória, o entendimento de que jogo que estava sendo jogado, independentemente do adversário que estava na nossa frente. Essas coisas são comportamentos de equipes vencedoras, que, na hora da decisão, precisa mostrar sua cara como o Cruzeiro mostrou hoje”, destacou Mano.


Não foi apenas a exibição cruzeirense que causou felicidade no treinador. Na partida contra o Patrocinense, ele se tornou o quarto treinador que mais dirigiu o Cruzeiro na história. No início da entrevista coletiva, como forma de celebrar o Dia Internacional da Síndrome de Down, ele foi perguntado por uma torcedora com síndrome de down se ele tinha amor pelo Cruzeiro. Ele não titubeou em responder:

Amo o Cruzeiro sim, apesar de ser profissional. O Cruzeiro faz parte da minha vida. Muitos anos atrás, em 97, eu vim fazer estágio e ninguém me conhecia como treinador de futebol. O Cruzeiro abriu as portas para fazer o estágio que foi muito importante para minha formação. Eu tenho muita gratidão pelo Cruzeiro e procuro devolver ao torcedor todo esse respeito e carinho que teve comigo no passado“.

Na partida deste sábado, Mano Menezes atingiu 206 jogos no comando do Cruzeiro, passando a ser assim o quarto que mais dirigiu a equipe na história. À frente de Mano na lista há três nomes: Niginho (256 partidas), Levir Culpi (257 partidas) e Ilton Chaves (362 partidas). Além disso, junto a Mano está o técnico Ayrton Moreira. No próximo duelo da Raposa, 21h30 da próxima quarta-feira (27), contra o Deportivo Lara, pela 2ª rodada da Libertadores, mano se isolará na quarta posição, indo a 207 jogos.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo