Blog

Terapia de choque? Elias repete enredo vivido pelo Galo em 2018; entenda

Ao longo das últimas temporadas, altos e baixos tem marcado a história de Elias no ​Atlético-MG. ​Alternando exibições de alto nível com partidas em que passa até ‘despercebido’ em campo, o atleta de 33 anos migrou de xodó do torcedor alvinegro ao posto de negociável, quando rumando ao Internacional neste início de 2019.

As más atuações acabaram lhe rendendo a barração junto ao comandante Levir Culpi, que o deixou de fora do clássico contra o América-MG pelo Estadual. Ausente por três partidas, recorte em que a comissão técnica optou por jogar com três volantes no meio, o camisa 7 retornou ao time titular justamente contra o Zamora, jogando bem e ajudando o time na virada de 2 a 0 para 3 a 2, ​resultado que manteve o clube vivo na competição.

Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

Como destaca o ​UOL Esportes, este cenário de ‘terapia de choque’ não é nada inédito para Elias, especialmente considerando os últimos dois anos de sua carreira, marcados pelas oscilações. Na temporada passada, o meio-campista vivia má fase e acabou sendo barrado por Thiago Larghi, ainda no início do Brasileirão. Diante da lesão grave de Gustavo Blanco, o veterano acabou recuperando espaço e prestígio entre os titulares, tornando-se peça importante junto ao treinador à época

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo