Blog

São Paulo adota nova estratégia no mercado na busca por reforços

Com objetivo de atender o técnico Cuca, que só deverá assumir a comissão técnica no dia 15 de abril, o departamento de futebol do ​São Paulo adotou uma nova estratégia na busca por novas contratações em 2019. Novamente, a equipe são-paulina trabalha na remontagem do plantel tricolor, buscando atender todas as carências que o elenco necessita para a sequência desta temporada.

Desde o começo deste ano, o departamento de futebol do time gastou R$ 45 milhões na busca por novas contratações e precisou realizar novos reajustes em suas contas financeiras após a precoce eliminação na pré-Copa Libertadores. Diante deste cenário, o clube paulista traçou uma nova estratégia para buscar reforços e suprir as principais carências do plantel tricolor em 2019.

Mesmo sem dinheiro para realizar contratações de alto investimento, o Tricolor Paulista buscou modificar o seu perfil na busca por novos contratados. Entre eles, jogadores menos badalados e com a busca de empréstimos com as equipes que os atletas cobiçados possuem seus respectivos vínculos e têm sido a melhor alternativa encontrada em conjunto entre o técnico Cuca e a diretoria tricolor.

Como exemplo disto, a saída de Diego Souza para o Botafogo, no começo deste mês, faz parte da nova estratégia traçada pela diretoria do São Paulo e o próximo a estar de malas prontas pode ser o Nenê, que também é cobiçado pelo Fluminense. Por outro lado, na busca por reforços: Róger Guedes, Tchê Tchê e Keno são alguns nomes indicados pelo técnico Cuca à diretoria do Tricolor Paulista.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo