Blog

Relembre momentos de absoluto sofrimento de brasileiros em Libertadores

​Com as chaves da Libertadores definidas, a expectativa só aumenta. Afinal, é a principal competição do continente começando para valer e as torcidas se mobilizando para apoiar suas equipes em busca do topo da América.

Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores

Mas, ao longo dos anos, todos os times brasileiros que já foram campeões e que participam da atual disputa já passaram por momentos de sofrimento. Em alguns casos, valeu a pena. Em outros, nem tanto. Mas fato é que é difícil resistir a tanta tensão. Vamos a alguns exemplos?


 Internacional – 2010

Nas quartas de final, o Colorado estava sendo eliminado. No entanto, já no apagar das luzes, em plena Argentina e com a torcida do Estudiantes preenchendo o campo com a fumaça de sinalizadores, Giuliano anotou o gol que, mesmo com a derrota por 2 a 1, garantiu vaga à semifinal. Mais adiante, o clube conquistaria o bicampeonato.


Palmeiras – 1999

Claro, eliminar o Corinthians é sempre bom, ainda mais para na sequência levantar o caneco continental. Mas ter que passar pelo sofrimento dos pênaltis ninguém merece…


Grêmio – 1995

Palmeiras Muller(R) battles Gremio's Arce(L) for c

Depois dos 5 a 0 na partida de ida das quartas de final contra o Palmeiras e de sair ganhando na casa do rival no jogo da volta, ninguém esperava tanta agonia. Pois o Verdão conseguiu vencer por 5 a 1 e, por pouco, não levou a disputa para os pênaltis. Depois do sofrimento, ninguém mais parou o Tricolor, que levantou a taça pela segunda vez.


Atlético-MG – 2013

Atletico Mineiro v Xolos de Tijuana - Copa Bridgestone Libertadores 2013

Um pênalti. Se não fosse Victor defender uma cobrança diante do Tijuana, com o pé, já aos 48 minutos do segundo tempo, o Galo não teria conquistado a América. Mas o São Victor estava lá para deixar tudo em paz.


Cruzeiro – 1997

Diante de um rival que dominava o Brasil na época, o Cruzeiro se superou. Mesmo perdendo por 2 a 1 no estádio Olímpico, eliminou o Grêmio na fase de quartas de final e arrancou para o bicampeonato continental.


Flamengo – 2008

America de Mexico's footballer Salvador

O Fla tinha tudo para seguir na competição, mas o oba-oba deu lugar a um vexame histórico. Ao ser derrotado por 3 a 0 pelo América do México em pleno Maracanã, a equipe carioca, que poderia perder até por 2 a 0, foi eliminado do torneio. Os torcedores jamais esquecerão o nome Salvador Cabañas.


Athletico-PR – 2000

FBL-SUDAMERICANA-PARANENSE-JUNIOR

Diante do homônimo Atlético-MG, o Furacão deixou escapar a chance de seguir adiante na Libertadores de 2000 mesmo diante do seu torcedor. Após vitória por 2 a 1 no tempo normal, levou 5 a 3 nos pênaltis e deixou o torneio.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo