Blog

Procuradoria confirma denúncia, e Jô pode pegar longa suspensão após agressão a zagueiro do São Paulo

Pedro Vilela/Getty Images

A Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva confirmou denúncia contra o atacante Jô, do Corinthians. O atleta foi flagrado, pelas câmeras de televisão, socando o zagueiro Diego Costa, do São Paulo, durante clássico disputado no último domingo pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro – vitória tricolor por 2 a 1.

Com isso, ele será julgado com base no artigo 254-A (prática de agressão física) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que prevê suspensão de quatro a 12 jogos. Para a Procuradoria, Jô “de maneira dolosa praticou a infração imputada, ou seja, teve a vontade livre e consciente de agredir fisicamente, com uso de soco nas costas, o atleta adversário, durante a partida”.

O lance chegou a ser revisado pelo VAR, mas nada ocorreu. Com isso, sequer constou na súmula do árbitro Flávio Rodrigues de Souza. No entanto, a Procuradoria, levando em conta o que diz o CBJD, pode agir em situações assim. O parágrafo único do artigo 58-B destaca que “em caso de infrações graves que tenham escapado à atenção da equipe de arbitragem, ou em caso de notório equívoco na aplicação das decisões disciplinares, os órgãos judicantes poderão, excepcionalmente, apenar infrações ocorridas na disputa de partidas”. O julgamento ainda não tem data para ocorrer.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.

Para mais notícias do Corinthians, clique aqui.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo