Blog

Pedro e atacante que se destacou pelo Palmeiras estão na mira do Santos

Santos segue na missão de conseguir encontrar um centroavante no mercado da bola. Com vários nomes tentados, mas sem sucesso até o momento, o clube paulista conversa com empresários para conseguir trazer algum jogador para a posição. Em entrevista ao site “Gazeta Esportiva”, o presidente santista, José Carlos Peres, confirmou interesse em dois atacantes.

Estamos correndo atrás desde janeiro (de um centroavante), no Brasil só temos um, no Fluminense (Pedro), e é difícil tirar. Estamos vendo solução no exterior, temos algumas opções. É o que falta. Não procuramos o Pedro, respeitamos o outro time. Não é só o Santos, todo mundo quer. Não tem centroavante do nível dele no Brasil e estamos procurando no exterior. (Roger Guedes) É o mesmo caso do Pedro. Todo grande time quer ter. Atua mais pela direita, superinteressante para qualquer equipe. Clube não está utilizando, não inscreveu e temos interesse.”, explicou o mandatário do Santos.

A situação do centroavante Pedro é complexa. O artilheiro é o principal jogador do Fluminense, que só cogita vendê-lo para clubes da Europa. O camisa 9 está voltando de contusão e deve retomar aos gramados nas próximas semanas. Antes de se lesionar, Pedro quase acertou com o Real Madrid, mas o negócio foi interrompido devido ao tempo do atleta fora dos gramados.

Já quanto a Roger Guedes, a situação é diferente. Encostado no Shandong Luneng, está decidido que voltar ao Brasil é a melhor opção. Além do Peixe, clubes como São Paulo, Inter, Atlético-MG e até Palmeiras também se mostraram interessados. O salário do atleta é o grande empecilho: o atacante recebe cerca de R$ 1,2 milhão por mês e precisaria diminuir consideravelmente seus vencimentos mensais para atuar novamente no futebol nacional.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo