Blog

Pedido de Cuca, Tchê Tchê chega para resolver ‘problema antigo’ do São Paulo

​Em pleno primeiro de abril, ​o São Paulo utilizou do bom humor para anunciar a contratação de Tchê Tchê, jogador de 26 anos que despontou no futebol brasileiro vestindo a camisa do Palmeiras. Sua experiência prévia com Cuca, atual treinador tricolor, colaborou bastante para que a negociação com o clube do Morumbi avançasse, levando o volante a fechar contrato longo válido por quatro temporadas.

Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

Como destaca o ​UOL Esportes, a contratação de Tchê Tchê foi pedido específico do novo comandante à diretoria, por considerar a chegada de um segundo volante como prioridade máxima para o elenco atual. Aos olhos de Cuca, o grupo tricolor é recheado de marcadores, mas só tem Liziero para o posto de ‘segundo homem’ de meio de campo.

Para desenvolver sua filosofia de jogo no São Paulo, Cuca entende que precisará de meio-campistas rápidos, bons na transição defesa-ataque e na saída de bola, características trazidas por Tchê Tchê, mas rara entre o grupo de volantes do elenco tricolor. Hudson, Jucilei, Luan e Willian Farias são essencialmente marcadores e combativos

Tal ‘defasagem’ no posto de segundo volante é problema antigo no Morumbi, se arrastando desde a venda de Thiago Mendes ao futebol francês, em meados de 2017. Sua saída foi preenchida com a contratação de Petros, atleta que desenvolveu boa relação com a torcida por sua entrega e garra, mas que não se assemelhava em característica com seu antecessor. Logo em 2018, o clube paulista percebeu a carência de um volante mais ofensivo, mas esbarrou em negativas em suas investidas, especialmente por Willian Arão (​Flamengo).

Para ler mais notícias do São Paulo, clique ​aqui.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo