Blog

Paulistão vira briga de “cachorro grande”, e é impossível cravar qual será a final

O Paulistão, agora, virou briga de cachorro grande. ​Palmeiras, ​São Paulo, ​Santos e ​Corinthians chegaram à semifinal de um campeonato que parecia propenso a aprontar alguma surpresa, mas que viu seus principais times passarem às etapas decisivas. Claro, não chego ao ponto de dizer que aconteceu algo fora do projetado, mas pensei que haveria até mais dificuldade para o quarteto avançar.

De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

Excetuando o Corinthians, que empatou em casa e precisou dos pênaltis para avançar, os demais demonstraram, acima de tudo, o motivo pelos quais são “diferentes”, ou seja, se impuseram. O São Paulo foi o único a ganhar os dois duelos e parece crescer na hora certa. O Palmeiras, se mostrou pouco futebol no duelo de ida, aplicou impiedosa goleada logo em seguida para confirmar sua vaga. E o Santos, que até poderia ter vencido com vantagem maior no final de semana, garantiu um empate protocolar para seguir em frente. 

FBL-SUDAMERICANA-CORINTHIANS-RACING

Particularmente, eu adoro quando os Estaduais chegam a momentos como este repleto de clássicos. Movimenta a torcida, a paixão aflora, as arquibancadas ficam lotadas. Claro, é impossível, na minha visão, não apontar Palmeiras e Santos como favoritos para fazerem a decisão, até por terem a vantagem de disputar a segunda partida em casa. Mas não será fácil, e também não haverá nada fora do comum se São Paulo e Corinthians forem à final. Nesta hora, cravar um resultado é arriscar demais. O que se quer é bom futebol, emoção. Vale até provocação dentro dos limites do bom senso. Pois é assim que o esporte ganha mais graça, ganha mais valor. Que venham os clássicos, que venham as decisões. Afinal, quem realmente gosta da bola rolando torce por embates daqueles de tirar o fôlego.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo