Blog

Para evitar confusões, São Paulo adia estreia de novo patrocinador

O São Paulo se esforça para fazer as coisas funcionarem dentro de campo. Enquanto aguarda o técnico Cuca, o time do Morumbi tenta se acertar sob o comando de Vagner Mancini, para pelo menos deixar a casa arrumada para a chegada do futuro treinador. O Tricolor também se movimenta fora das quatro linhas, mas não é no mercado de transferências, e sim no campo comercial.

A equipe tricolor tem um novo patrocinador: a AOC. A estreia da nova marca seria no último sábado (9), no duelo contra a Ferroviária. Mas um impasse impediu que a camisa são-paulina estampasse a logomarca do novo parceiro: a empresa também tem a sua marca presente na camisa dos árbitros do Campeonato Paulista. Diante disso, para evitar conflitos, a diretoria do São Paulo preferiu deixar a estreia do novo patrocinador para o Campeonato Brasileiro.

Porém, o São Paulo poderia exibir a marca da AOC no Campeonato Paulista tranquilamente, já que o regulamento da Federação Paulista de Futebol não tem nenhum trecho que proiba a exposição de patrocinadores que já sejam da competição por nenhum clube. Mesmo assim, o time tricolor prefere evitar a exposição da marca no torneio, para evitar, por exemplo, o que aconteceu com o Palmeiras em 2015. Na época, a Crefisa, que já patrocinava o clube alviverde, também exibia sua marca nas roupas dos árbitros do Paulistão, o que gerou muita polêmica.

Os diretores da AOC entenderam a preocupação do São Paulo e não colocaram nenhum obstáculo para a decisão do clube. O acordo entre as duas instituições segue o mesmo, sem nenhuma alteração, nem mesmo de valores ou de tempo de contrato. A ideia do São Paulo além de se esquivar de polêmicas e questionamentos, é também proteger a imagem da AOC.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo