Blog

Os 10 maiores artilheiros da história do Fluminense

Clube de grande relevância histórica por suas importantes contribuições ao esporte quando o mesmo ainda ‘engatinhava’ em solo brasileiro (início do século XX), o Fluminense conta com uma lista de artilheiros bastante plural – incluindo nas nacionalidades -, com nomes marcantes de quase todas as décadas de existência do clube das Laranjeiras. Confira o top-10 de maiores goleadores da história do Tricolor Carioca:

10. Magno Alves

Representante dos anos 90 e início dos 2000, período difícil para o clube, o longevo Magnata precisou de duas passagens pelo Fluminense para chegar aos 124 gols anotados, marca alcançada no ano de 2016, já com os seus 40 anos de idade.

9. Washington

Representante da incrível década de 80 para o time das Laranjeiras, Washington era a referência de uma dupla de ataque letal e histórica: o Casal 20, também protagonizado por Assis. Entre 1983 e 1989, anotou 124 gols com a camisa tricolor.

8. Preguinho

Apontado de forma unânime como o maior esportista da história do Fluminense, Preguinho não só prosperou como futebolista (128 gols), mas também praticou em alto nível outras nove modalidades, incluindo vôlei, basquete e atletismo. Anotou o primeiro tento da Seleção Brasileira em Copas.

7. Russo

Adolpho Milman, popularmente conhecido como Russo, tem origens bastante discutidas pela historiografia tricolor. Acredita-se que o atacante tenha nascido na Argentina, sendo seus pais imigrantes ucranianos. Anotou 149 gols em onze anos de Flu, e entrou para a história como um dos cinco não-brasileiros convocados à Canarinho.

6. Welfare

Nascido em Liverpool (ING), Welfare veio ao Brasil com intuito de lecionar, mas sua experiência no futebol britânico o levou a fazer testes no Fluminense. Aprovado em 1913, logo ganhou o apelido de ‘Tanque’, por sua força física e chutes poderosos com os dois pés. Anotou 163 gols em dez anos de clube.

5. Telê Santana

Nome mais contemporâneo em relação aos dois anteriores, Telê Santana é mais conhecido pelo senso comum por sua carreira genial como treinador, mas também foi um grande atleta entre os anos 50 e 60. Revelado pelo Fluminense, disputou 557 partidas pelo clube das Laranjeiras, anotando 164 gols. 

4. Hércules

Considerado por muitos o maior ponta-esquerda da história tricolor, Hércules se despediu do Fluminense com uma média surreal próxima a um gol por jogo: 176 jogos disputados e 165 bolas na rede. Conquistou sete títulos em seus sete anos de clube, incluindo cinco cariocas.

3. Fred

Abrindo o top-3 deste ranking, temos o maior ídolo contemporâneo do clube. Fred dedicou oito anos de sua carreira ao Tricolor Carioca, sendo contratado em 2009 e transformando-se em pilar das conquistas nacionais de 2010 e 2012. Anotou 172 gols com a camisa tricolor.

2. Orlando Pingo de Ouro

Com a medalha de prata temos Orlando Pingo de Ouro, meia-esquerdo de muita velocidade, inteligência e habilidade. Iniciou sua carreira nos anos 40 pelo Náutico, rumando às Laranjeiras em 1945. Permaneceu exatamente uma década no Flu, balançando as redes em 184 ocasiões.

1. Waldo

Em sete temporadas vestindo o manto tricolor (1954-1961), Waldo anotou incríveis 319 gols, estatística que lhe rende com sobras o posto máximo deste ranking. Extremamente oportunista e letal, destacava-se pela seriedade e simplicidade em campo, grandezas que colaboraram para construir números tão significantes.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo