Blog

Neymar pode frustrar negociação do Flamengo com reforço; entenda

​No último domingo (26), o Flamengo foi do inferno ao céu. Em um Maracanã lotado, a equipe conseguiu uma virada emocionante sobre o Athletico-PR e venceu por 3 a 2, após estar perdendo por 2 a 1 até a parte final do jogo. Na comemoração do terceiro gol, o técnico Abel Braga se emocionou à beira do gramado e chorou ao abraçar os atletas. Após a vitória dramática no Brasileirão, o ​rubro-negro volta as atenções para o mercado da bola.

O clube da Gávea está em busca de novas peças para suas laterais. O lado direito do campo já ganhou um reforço: Rafinha, que estava no Bayern de Munique, chega no dia primeiro de junho para se unir ao plantel comandado por Abelão e iniciar os trabalhos junto aos companheiros. Já o lado esquerdo ainda segue sem a tão sonhada contratação. O Fla, há um bom tempo, já tem o alvo definido: Filipe Luís, do Atlético de Madrid.


O clube conversa com o jogador e seus empresários para tentar convencê-los a aceitar a vinda para o Brasil. O lateral, porém, parece ter outros interesses. No ano passado, pediu transferência para o PSG, mas ouviu um “não” da diretoria colchonera. Nesta segunda-feira (27), o jornal Mundo Deportivo, da Espanha, informou que ​os franceses voltaram à briga para ter o ala brasileiro. E aí aparece mais um problema para o Urubu.

Além do desejo antigo do veterano de vestir a camisa do PSG, a amizade do atleta com Neymar, craque do clube parisiense, pode ser decisiva para que o jogador se transfira para a capital francesa, frustrando os planos do Rubro-Negro. O Paris Saint German já tem uma contratação para a lateral esquerda encaminhada: Bernat, do Bayern de Munique. Agora busca outro jogador para disputar a posição, já que Kurzawa deve ser negociado na próxima janela de transferências.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo