Blog

Multas fazem receita da Conmebol explodir no início da temporada

Em pouco mais de um mês que a bola está rolando para as competições organizadas pela Conmebol em 2019, a entidade que comanda o futebol sul-americano já embolsou R$ 1,47 milhão por conta de multas aplicadas a clubes que participam da Libertadores e da Copa Sul-Americana. A informação é do ​blog do Rodrigo Mattos. No total, entre punições por patrocínio irregular, erro na inscrição de atletas ou até mesmo descumprimento do manual de operações de jogos, indisciplina de atletas e medidas de marketing e segurança, foram aplicadas nada menos que 38 sanções.

De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

Apesar da intenção da confederação em valorizar seus torneios, prezando o cumprimento estrito do regulamento e do código disciplinar, o caso que rendeu o maior volume de multas foi justamente um que afetou a imagem da organização. Pelo fato de as federações de Brasil, Paraguai, Chile e Venezuela não terem cumprido uma etapa para a inscrição de atletas de seus respectivos representantes, foi constatada a irregularidade na lista de 21 clubes, e cada um deles, considerados responsáveis por garantir que tudo esteja nos conformes, precisou pagar R$ 58 mil. Entre os brasileiros, Atlético-MG, São Paulo, Bahia, Chapecoense, Corinthians, Fluminense e Santos foram prejudicados.

Cassio

O ​time mineiro ainda multado em cerca de R$ 19 mil por patrocínio irregular em seu uniforme. O regulamento manda que exista um espaço de sete centímetros entre a publicidade e o “patch” da Conmebol na manga da camisa. O mesmo valor foi aplicado ao Universidad de Chile em função de comportamento inapropriado de seus torcedores na partida diante do Melgar. E assim vai. O fato é que os cofres da entidade ficaram bem mais gordos nesta arrancada do ano. E olha que ainda há dez meses pela frente…

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo