Blog

Luto! Morre ex-jogador do Vasco conhecido por sua coragem em campo O Dia

Rio – O Vasco está de luto no dia da decisão do Campeonato Carioca. Faleceu neste sábado, aos 82 anos, o ex-jogador Da Silva. A causa da morte ainda não foi revelada. Ele atuou em São Januário de 1961 a 1965 e era sinônimo de coragem em campo. Estreou no Cruzmaltino no Maracanã contra o gigante Real Madrid e foi um dos destaques da partida.

Ceóbulo da Silva Décio, baiano de Ilhéus, nascido no dia 19 de janeiro de 1936, veio da Bahia para o Rio de Janeiro de navio e de graça, porque seu pai era amigo do pai de quem chefiava a embarcação. Sua ida à Cidade Maravilhosa estava longe de ser ligada ao futebol, mas sim para servir como ajudante do irmão em uma sapataria.

O ponteiro esquerdo começou a jogar no Olaria e chamou a atenção do Vasco, que o contratou a 26 de janeiro de 1961, por um período inicialmente de dois anos, mas jamais poderia Da Silva imaginar ter uma estreia tão boa vestindo a camisa cruzmaltina. 

Com o Maracanã lotado, Da Silva estreou contra o Real Madrid, entrando no lugar de Wilson Moreira, aos 34 minutos da etapa inicial, quando o placar era de 2 a 0 a favor dos espanhóis. No segundo tempo brilhou a estrela de Da Silva, que foi considerado um dos responsáveis tanto pela reação vascaína, quanto pelo empate de 2 a 2.

Dali para frente, Da Silva fez gols, sofreu duas cirurgias para retirada de meniscos, penou para retornar aos gramados, após longo período de recuperação e pelo Vasco atuou até abril de 1965, sendo lembrado pelos torcedores que o viram jogar, tanto pela potência de seu chute, como por ser sinônimo de coragem em campo. Sua ligação com o clube se torna ainda mais estreita pelo fato de ter se casado na igreja matriz de São Januário a 12/12/1964.

 

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo