Blog

Kannemann lamenta a não convocação de companheiro do Grêmio para a Seleção

O bom momento defensivo do ​Grêmio criou uma expectativa de que os seus dois atletas titulares na zaga sejam convocados para defender as suas respectivas Seleções Nacionais. Todavia, isso não foi possível na última convocação, dado que somente Walter Kannemann foi lembrado na convocação de Lionel Scalonipara a Seleção da Argentina; já Pedro Geromel não estava na lista do técnico Tite para os amistosos da Seleção Brasileira do mês de março.

A Amarelinha volta a campo nos próximos dias 23 e 26 de março, quando o Brasil vai medir forças com o Panamá e Republica Tcheca, em preparação para a Copa América, cujo palco da edição de 2019 será o Brasil mesmo. Após ver o seu companheiro de zaga não ser convocado, o zagueiro argentino aproveitou a oportunidade para elogiá-lo e deixar claro que Geromel poderia ter sido lembrado pelo técnico Tite.

Não porque é meu companheiro e amigo, mas tem muito nível, vem demonstrando. A Copa América é daqui três meses e ele está a tempo, tem idade de jogar. Mas no Brasil acontece como na Argentina, tem muitos jogadores de bom nível”, declarou o atleta gremista em entrevista concedida ao ​Globoesporte.com.


Desta vez, o treinador da Seleção deu preferência a nomes que já foram convocados em muitas outras oportunidades, como Marquinhos, Miranda e Thiago Silva. A principal novidade é Éder Militão, zagueiro do Porto, de Portugal, que também pode ser utilizado na lateral-esquerda. Apesar de tudo, Tite chamou Everton, um dos grandes destaques do Grêmio na temporada passada.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo