Blog

Jornalista explica porque Diego Souza não foi para o Vasco e afirma: ‘Isso acabou’ O Dia

Rio – A torcida vascaína chegou a sonhar com a volta de Diego Souza para o clube, mas isso acabou não acontecendo. O camisa 9 do São Paulo permaneceu no Morumbi e frustou a esperança do Vasco em ter o novo reforço.

O jornalista da ‘Fox Sports’, Paulo Vinicius Coelho, durante o programa ‘A Última Palavra’, detalhou as conversas entre os clubes, os motivos de Diego ter ficado em São Paulo e como Raí foi fundamental para a permanência do jogador no clube paulista. 

“O São Paulo vinha avançando no acerto com o Vasco, que ia pagar 50% do salário, o São Paulo os outros 50%. Mas o Tricolor entendia que tinha um prejuízo enorme, que ia assumir que errou na contratação, o Aguirre não estava, em um primeiro momento, muito disposto a contar com ele. O Raí estava. O Raí, na semana passada, saiu 10 minutos mais cedo do jogo no Castelão para pegar um voo e ir acompanhar o treino na segunda-feira. O Diego Souza treinou no sábado, no domingo e na segunda. E nessa segunda, com o Diego no treino, o Raí já estava lá para conversar, para falar: ‘Tem alguma coisa aqui para te fazer querer ir embora?’. Diego Souza disse não. ‘Então vamos fazer uma reunião amanhã’. E no dia da folga dele, Diego foi fazer reunião com Aguirre e Raí. O Aguirre já tinha dito para ele que treinando no nível que estava, ele não iria jogar. O Diego achou bom. Melhor falar a verdade do que ir encostando o cara”, explicou.

“O São Paulo entendia que não tinha que liberar, o Aguirre entendeu que Diego Souza não vai ser nos treinos o trator que é o Tréllez, mas que ele pode treinar melhor. A avaliação é que treinou melhor. Ele jogou uma partida nota 6 (contra o Fluminense), não jogou bem, mas participou do gol. O Aguirre montou o time a partir dessa conversa, e o entendimento de que contaria com ele também pela decisão do Raí, e do Diego, que não queria sair. Nenê mais pela direita, solto, flutuando, 3-4-3, invertendo posição com Diego Souza, que não é um centroavante fixo. A conversa foi no sentido de ter mais dedicação no trabalho do dia a dia. Ele fica no São Paulo, a não ser que tenha uma proposta. Isso acabou (Vasco)”, completou o comentarista.

 

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo