Blog

Jornalista descreve situação do Vasco como desesperadora: ‘Está à beira de parar’ O Dia

Rodrigo Capelo, especialista em economia, ainda explicou a saída de Paulinho: ‘Se não tivesse vendido teria quebrado em maio’

Rio – O torcedor vascaíno não tem muito o que comemorar no aniversário de 120 anos do clube. Após o empate, com sabor de derrota, para o Ceará no Campeonato Brasileiro, o repórter de economia Rodrigo Capelo falou, no programa ‘Redação SporTV’, da situação assustadora em que vive o Vasco.

“A situação do Vasco é desesperadora. É um time que está à beira de parar”, resumiu.

Capelo ainda destacou que se Paulinho não fosse vendido para o Bayer Leverkusen, por cerca de 85 milhões, a situação estaria ainda pior no clube. 

“O dinheiro bate e já vai embora. Paga carga de dívidas. O Vasco vai precisar vender mais algum Paulinho, ou vai quebrar. Se não tivesse vendido o Paulinho, teria quebrado em maio. Não tem expectativa. O plano é arrecadar mais com bilheteria, com sócios. Na projeção feita pelo Vasco, percebemos evoluções irreais. É um otimismo delirante”, disparou.

Leia Mais

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo