Blog

Inter não esquece lance de Everton no Gre-Nal: “Extremamente violento”

​Na última quarta-feira, 20, horas antes da bola rolar para Inter x Novo Hamburgo, no Estádio Beira-Rio, pela última rodada da primeira fase do Gauchão, a diretoria colorada seguia bastante irritada com um lance protagonizado pelo atacante Everton, do ​Grêmio, no Gre-Nal 418, ocorrido exatamente no domingo anterior, na Arena, também pelo estadual do Rio Grande do Sul.

Já perto do final do clássico, o atual atacante da Seleção Brasileira adiantou em demasia uma bola no meio de campo e foi desarmado pelo volante Rodrigo Lindoso. No entanto, Everton deixou a perna e houve um choque de joelho com joelho. No fim, quem levou a pior foi o jogador colorado, que teve um trauma no lance e terá de ficar cerca de duas semanas afastado dos gramados.

“É um lance extremamente violento do Everton com o Lindoso, mas o Inter não vai fazer nada. O Gre-Nal já acabou, e o importante é fazermos um bom jogo hoje contra o Novo Hamburgo”, comentou o presidente colorado Marcelo Medeiros, na última quarta-feira, informando que o clube não levaria o caso adiante, embora a clara insatisfação.

O curioso é que o próprio Everton, após o clássico, saiu reclamando de lances violentos protagonizados por outros como Rithely e Lindoso, além de ironizar o Inter dizendo que “quem perde sempre chora”. A dupla Gre-Nal só volta a se enfrentar no Gauchão em uma eventual final. Nas quartas, o Inter encara o Novo Hamburgo e o Grêmio tem pela frente o Juventude.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo