Blog

Inter entra na briga com o São Paulo para contratar brasileiro que está na Europa

Quando o Internacional trouxe Rodrigo Caetano para ser o diretor executivo do clube, muitos torcedores colorados se animaram com a possibilidade de o dirigente trazer grandes reforços. O cartola tem bons relacionamentos com grandes jogadores e a primeira contratação de impacto para o clube gaúcho foi Paolo Guerrero. O centroavante está terminando de cumprir a punição da Fifa por ter ingerido um chá que continha uma substância derivada da cocaína, retornando aos gramados em maio. Nesses primeiros meses do ano, Rodrigo Caetano mapeia o mercado e procura um jogador versátil, que atue de segundo-volante e até mais adiantado.

O nome escolhido pelo dirigente foi o de Tchê-Tchê, do Dinamo de Kiev, da Ucrânia. De acordo com o jornalista André Hernan, o Colorado está na briga com o São Paulo para ter o jogador. O clube ucraniano já sinalizou que não deseja emprestar o atleta e só aceita vendê-lo por cinco milhões de euros (R$ 21,6 milhões). O volante vê com bons olhos uma volta ao Brasil.

Tchê-Tchê tem sido pouco aproveitado no Dinamo e, por isso, está insatisfeito na equipe europeia. Contratado junto ao Palmeiras ano passado, o jogador chegou e até foi titular, mas acabou perdendo espaço no começo desse ano. O atleta ainda acredita quedará a volta por cima no time da Ucrânia, mas, por outro lado, também deseja aturar regularmente e não pretende se contentar com o banco de reservas.

O volante viveu a melhor fase de sua carreira jogando no Alviverde Paulista em 2016, onde fez grandes partidas e foi até cogitado na Seleção Brasileira. Atuando nos gramados do Velho Continente, Tchê-Tchê ainda sofre para se adaptar e não tem conseguido desempenhar o mesmo futebol que vinha realizando no Brasil. Diante disso, o Internacional vê a chance de repatriar o jogador.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo