Blog

Grêmio vai destinar parte do dinheiro da venda de Cebolinha para cumprir acordo feito com o elenco; entenda

Grêmio vai antecipar o pagamento de acordo feito com elenco com dinheiro de venda de Cebolinha. | Buda Mendes/Getty Images

O Grêmio decidiu que vai utilizar parte do dinheiro da venda de Everton Cebolinha ao Benfica para quitar acordo feito com o elenco. Do total obtido na tratativa, o clube vai destinar cerca de R$ 20 milhões ao pagamento do trato, feito em virtude dos impactos financeiros da pandemia da Covid-19, amarrado junto ao plantel.

A decisão, segundo informações do UOL Esporte, foi repassada ao Conselho Deliberativo do Imortal em reunião na semana passada, na qual a diretoria também informou qual o percentual obteve do valor da negociação do atacante com o futebol português.  

Eveton
Grêmio entrou em acordo com o Fortaleza e empresários para ficar com 59% de venda de Cebolinha. | Alexandre Schneider/Getty Images

Everton Cebolinha custou 20 milhões de euros (R$ 126,8 milhões, no dia do negócio) ao Benfica, que tem até o dia 15 de setembro para depositar o valor. Deste total, o Grêmio vai ficar com 59%. Antes, o clube ficaria com metade do valor integral, mas entrou em acordo com o Fortaleza, com o empresário Gilmar Veloz e com o investidor Celso Rigo para embolsar mais 9%.

Vale lembrar que o Imortal negociou com o elenco o parcelamento de 55% dos salários de abril a setembro deste ano, com pagamento até o final de 2022. Porém, agora, o time vai antecipar esse valor. Além de quitar os débitos, o clube também vai aproveitar o dinheiro da negociação para abatimento de dívidas e também para fortalecer o seu caixa.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo