Blog

Gre-Nal da “arregada”: justificativas para colocar reservas são lamentáveis

Antes do Gre-Nal de domingo, a torcida do Grêmio tirava sarro a todo momento com o Inter, o chamando de “arregão” pelo fato de ter anunciado que jogaria com time reserva como forma de protesto por conta da punição de Nico López estipulada pelo TJD às vésperas da partida. Pois, agora que o Tricolor também entrou em campo com o time alternativo, é preciso dizer com todas as palavras: ele também “arregou”.

De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

Ouvindo um comentário do repórter José Alberto Andrade, da Rádio Gaúcha, que definiu o Gre-Nal 418 como o “clássico da pipoca”, infelizmente tenho que concordar. E olha que, como gaúcho e apaixonado por futebol, digo que não existe nada mais apaixonante que um Gre-Nal. Porém, era só ver o clima da saída dos torcedores da Arena para se chegar à fácil conclusão que ninguém gostou da decisão tomada pelo lado azul de também não mandar força máxima a campo.

E de duas, uma: ou os clubes estão voltando à velha (e errada) tradição de dar a um clássico um valor gigantesco, estratosférico, ou quem optou pelas formações que disputaram a partida têm medo das consequências que uma derrota pode trazer. Justificar a escalação de reservas por birra ao tribunal é de muito baixo nível, bem como dizer que só o fez pelo fato de o lado rival ter tomado tal atitude, explicação dada por Renato Portaluppi e direção gremista.

Se o Gre-Nal não valia nada, e não valia mesmo, podia se dizer que não se escalaria titulares porque ele não valia nada. E ponto final. E, mesmo assim, eu acharia errado, embora entendesse a opção. Agora, o que se viu nos bastidores da partida do final de semana foi algo amador, sem nexo, que tirou do torcedor a chance de ver seus ídolos em campo. Sim, o Gre-Nal viveu uma página triste de sua história. ​

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo