Blog

Gana, grupo e ideias: Luxemburgo provou, em 2019, que ainda tem valor de Série A

​Quando o ​Vasco da Gama anunciou a demissão de Alberto Valentim, logo na reta final do mês de abril, o futuro do clube carioca virou motivo de preocupação, tendo em vista que trocar de técnico logo no início da temporada passa longe de ser o cenário ideal. A situação ainda se agravou quando a diretoria cruzmaltina apontou Vanderlei Luxemburgo como sucessor: o nome não causou empolgação à época, e muitos questionavam como ele se ‘adequaria’ às demandas do futebol atual, estando parado desde 2017.

​​Pois bem, chegamos ao mês de dezembro e Luxemburgo ​está no topo das prioridades quando o assunto é planejamento do clube de São Januário para 2020. Adentrando a rodada 38 com 48 pontos, o Vasco já está garantido na Sul-Americana do próximo ano, mas a vaga em uma competição continental pode ser tratada como o feito ‘menos marcante’ de seu trabalho à frente da equipe vascaína. O resgate do espírito de luta, a exaltação à grandeza do clube e o retorno da ambição pela vitória são, sem dúvida, os principais méritos do veterano.

Consciente do verdadeiro tamanho do Vasco, Luxa conseguiu motivar e tornar competitivo um elenco bastante limitado tecnicamente. Conquistou o grupo e o teve ‘nas mãos’ durante toda a temporada, algo muito difícil em um ambiente de grandes egos como é a elite do futebol brasileiro. Mas não há sucesso ou sobrevivência apenas pelo fator emocional e, por isso, é de se exaltar também o seu trabalho técnico/tático ao longo do ano. A grande exibição contra o Flamengo (4 a 4) escancarou um Luxa estudioso, atencioso aos detalhes e capaz de montar estratégias de jogo eficientes para encarar qualquer time da ​Série A. 

Se aparecerá vestindo a cruz de malta no peito em 2020, ainda não sabemos. Mas o fato é que 2019 serviu para provar que Luxemburgo ainda tem seu espaço e valor na elite nacional.

Todos os Créditos


Compartilhar ...Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *