Blog

Flamengo procura quatro famílias e agenda reuniões para acertar indenizações

Passado pouco mais de um mês desde o trágico incêndio que vitimou fatalmente dez jovens atletas da base rubro-negra, o ​Flamengo ainda caminha a passos lentos nas tratativas para acertar indenizações aos familiares que perderam seus entes queridos. Apenas um acordo foi selado até aqui, mas novas reuniões estão agendadas para esta semana.

Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​De acordo com a apuração do ​UOL Esportes, quatro famílias foram procuradas e se reunirão com o clube ao longo desta semana. Este processo em etapas faz parte da opção do clube por tocar as tratativas de indenização de forma individual, após desacordo com os valores e mediação do Ministério Público e da Defensoria Pública.

Em audiência, o MP exigiu o pagamento de R$ 2 milhões às famílias, além de R$ 10 mil mensais até os 45 anos das vítimas, se estivessem vivas. Os termos foram prontamente rechaçados pelo clube, que optou por buscar acordos individuais. As primeiras negociações envolvem as famílias que aceitaram sentar junto ao clube para debater valores. No total, 26 indenizações estão em pauta, incluindo também os feridos (3) e os sobreviventes (13).

No início de março, o primeiro acordo de indenização foi sacramentado, sem divulgação de maiores informações por medidas de segurança. Todos os custos de viagens, translado e hospedagens dos familiares das vítimas têm sido arcados pelo clube, tendo em vista que grande parte deles não mora no Rio de Janeiro.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo