Blog

Eurico volta a atacar investigação sobre eleição e mira ‘Milagre Vascaíno’

O presidente Eurico Miranda convocou a imprensa nesta terça-feira após saber da notícia de que será intimado a depor na Delegacia de Defraudações da Polícia Civil, que investiga irregularidade na eleição do Vasco. O mandatário criticou a nova polêmica e afirmou que tal atitude seria para desestabilizar o elenco na semana decisiva no Campeonato Brasileiro. Os vascaínos se prepararam para enfrentar a Ponte Preta, neste domingo, e uma vitória garante a equipe carioca na Libertadores.

“Precisamos de explicações sobre o que está acontecendo. Lá atrás, falamos que o objetivo era Libertadores e 99% achavam que era bravata. Com todas as dificuldades que atravessamos, o Vasco está perto da Libertadores. E nessa semana decisiva o assunto não é esse. O assunto é outro. Não sei o motivo, os interesses. Tínhamos que estar exaltando a campanha do Vasco. Vemos que o noticiário é outro. O que interessa é outra coisa. Vou fazer alguns comentários. São coisas dirigidas. Essas coincidências, todas elas, só têm um objetivo. Por isso que coloquei a frase ‘contra tudo e contra todos’. Que o torcedor do Vasco não deixe se influenciar por esse tipo de coisa. Não tenho dúvida que não vão exaltar essa campanha do Vasco. Foi um feito, diante de todas as dificuldades. Vou continuar a fazer de tudo para este objetivo”, disse.

Eurico ficou na bronca com acusações (foto: paulo fernandes/vasco)

Eurico Miranda atacou a delegada Patrícia Aguiar, que anunciou em entrevista coletiva, que há indícios de irregularidades na urna sete, que foi entregue para a justiça para perícia.

“Temos uma entrevista de uma delegada de polícia. Tenho muito tempo nisso. Não me lembro de ver uma coletiva dizendo que tem um inquérito e indícios. Nem sabemos que denúncia é. Irregularidades, que eu estaria sendo convocado. Não sei o motivo de ser convocado. Prestar esclarecimento sobre o que? Não sei. Esse inquérito estaria sob sigilo. E ela vai, convoca coletiva”, declarou.

O presidente falou também sobre o jogo contra a Ponte Preta, neste domingo, em São Januário. Eurico Miranda explicou que tomou algumas atitudes para impedir que haja problemas. Uma delas foi o aumento do preço do ingresso, que será de R$ 100 a inteira.

“Todas as medidas estão sendo tomadas. Algumas já houve crítica, como o preço dos ingressos. É menor do que todos os outros que disputam Libertadores. É no sentido de evitar que a maior parte dos ingressos acabe na mão de cambistas e tenhamos problemas”, comentou.

Por fim, o mandatário se disse esperançoso na classificação do Vasco para a Libertadores. “Não tinha o Milagre Brasileiro? Agora tem o Milagre Vascaíno”, concluiu.

Dentro de campo, o técnico Zé Ricardo iniciou a preparação para a partida diante da Ponte Preta. O comandante vai decidir quem será o substituto do lateral esquerdo Henrique, suspenso. O favorito é Alan Cardoso, mas Gilberto e Yago Pikachu podem ser improvisados no setor. Com 53 pontos, o Vasco está na sétima posição e só precisa de uma vitória para se garantir na disputa da Libertadores.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo