Blog

Eurico rebate indícios de irregularidades e cita fichas de Edmundo e outros

Eurico deu coletiva

Em coletiva realizada na noite desta quinta-feira em São Januário, o presidente do Vasco, Eurico Miranda, rebateu os indícios de irregularidades no cadastro dos 691 sócios que foram destinados à urna 7, colocada sub judice pelo tribunal. Como argumento sobre a falta de dados nos cadastros de tais pessoas, ele apresentou as fichas dos ídolos Edmundo, Felipe e Pedrinho, apoiadores do candidato de oposição Julio Brant e que também estão sem alguns dados.

“Felipe: o seu endereço é a rua General Almério de Moura 131, o endereço do Vasco. O telefone do cadastro também é do Vasco. É a ficha de ingresso do senhor Felipe (sócio benfeitor remido). Nem a ficha assinou.  O senhor Pedrinho está na mesma situação, nunca atualizaram. Pedrinho não tem CPF e não está assinado por ninguém. O Edmundo o endereço era o Vasco, mas atualizou recentemente. O pior de tudo, no caso do Edmundo, não tem assinatura dele e nem do proponente. Absolutamente nada e mesmo assim não invalidou. E nem invalida. Isso é uma resposta a alguns casos de endereços e telefones”, declarou Eurico sobre os ex-jogadores, que não estavam na urna dos 691 sócios suspeitos.

Questionado pela imprensa se não enxergava erro mesmo assim ao apresentar outros cadastros com falta de dados, ele se defendeu alegando que a pessoa não é obrigada a fornecer todos.

“Eu não sou obrigado, quando me associo, a dar meu telefone. Não sou obrigado a tornar meu telefone público. Estão partindo que o cadastro está irregular, e não está. Se falta uma coisa ou outra, não invalida. Estou mostrando que o que acontece aqui pode acontecer com outros”, disse.

 

Fonte: www.noticias.bol.uol.com.br

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo