Blog

Eurico Miranda se manifesta contra a anulação da eleição do Vasco: ‘Inviabiliza o clube’ O Dia

Rio – O ex-presidente do Vasco da Gama Eurico Miranda conversou com jornalistas na noite desta sexta-feira, na sede náutica do clube, na Lagoa, Zona Sul do Rio. Após a decisão liminar de anular a última eleição no Cruzmaltino, o antigo mandatário se tornou presidente interino do Conselho de Beneméritos, cargo que ocupou após ser derrotado nas urnas para Alexandre Campello.

“O que eu quero é que o Vasco não seja inviabilizado. E esta decisão inviabiliza o Vasco neste momento. Só isso. Agora, não quero que modifique ou não modifique a decisão (da Justiça). Não tenho nada contra isso, pelo contrário. O problema de uma decisão desta é que inviabiliza o Vasco. A Justiça determina você tem de cumprir. Mas evidentemente pessoalmente sou contra a decisão”, afirmou Eurico.

“Se ao final prevalecer esta decisão, cumpra-se. Esta decisão inviabiliza o Vasco e não pode repercutir bem. Não é favorecendo A, B ou C. Isso inviabiliza o Vasco. Estamos lutando contra o rebaixamento e esta decisão neste momento prejudica o Vasco. Tenho que me manifestar a partir do momento que isto afeta o Vasco”, completou o dirigente, que também afirmou que não será candidato e que vai convocar uma coletiva na semana na próxima semana com o intuito de pacificar o clube.

Com a vida conturbada nos bastidores, o Vasco foi surpreendido nesta semana com a decisão da 29ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro de anular as eleições no clube. No dia 8 de dezembro e 17 de dezembro acontecem os novos pleitos que vão indicar, enfim, quem presidirá o Cruzmaltino. Alexandre Campello segue como presidente interino. O Vasco afirmou que irá recorrer da decisão.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo