Blog

Embalado, Atlético-MG recebe o Vasco pelo Campeonato Brasileiro

No encontro entre Atlético-MG e Vasco, nesta quinta-feira, no Independência, pelo Campeonato Brasileiro, o Galo quer recuperar pontos perdidos na primeira rodada do torneio nacional. Atualmente, o Galo está na 5ª colocação, com 30 pontos somados. Já o Cruz-Maltino flerta com a zona de rebaixamento, na 15ª posição, com 20 tentos.

Na ocasião, na primeira rodada, o Galo entrou em campo, no São Januário e abriu o placar. No entanto, no decorrer do jogo sofreu o empate. Por fim, Roger Guedes “entregou” uma bola e dela surgiu o contra-ataque para a vitória do clube carioca.

Vale lembrar que após esse jogo, Roger Guedes quase foi devolvido ao Palmeiras. Na época, no entanto, líderes do elenco atleticano solicitaram a diretoria alvinegra a permanência do jogador. A sequência todos já sabem: o avante ficou, recuperou sua condição de titular e gerou lucro de mais de R$ 11 milhões com a saída do Atlético.

Para o duelo desta quinta-feira, o técnico Thiago Larghi tem um grande problema. O volante José Welison está suspenso. A expectativa é que Matheus Galdezani entre na vaga. Elias, no entanto, retorna e se colocou a disposição para fazer a vaga de primeiro volante.

O Atlético-MG vem de vitória por 3 a 0 diante do Botafogo fora de casa (Foto: Bruno Cantini/CAM)

“A gente já trenou com o Galdezani, quando o Adilson machucou. O Thiago optou pelo Zé. Eu já fiz essa função na Europa, se precisar estou aqui para ajudar a equipe. Não é nas minhas caraterísticas, mas se ele optar vou fazer pois já fiz isso na Europa”, destacou Elias.

Thiago Larghi, treinador do Atlético-MG, conversou com seus jogadores sobre a importância de se manter a evolução apresentada nas últimas partidas.

“O importante é que este crescimento continue. Melhoramos na defesa, mas sem perder a força ofensiva. Porém, este progresso precisa ser constante, pois precisamos melhorar ainda muito para atingirmos nossos objetivos. Apenas com uma atuação de bom nível vamos conseguir superar o Vasco”, disse Larghi.

Se espera um jogo complicado, o treinador do Galo parece pensar de maneira correta, pois Valdir Bigode, interinamente na função de técnico do Vasco, dá a entender que sua equipe deixou para trás o empate contra o Ceará e está com sangue nos olhos.

“Vou enfrentar o Atlético lá com todas as forças que temos. É claro que temos problemas e vamos sanar esses problemas para chegar com um potencial ainda maior de finalização. Tenho certeza de que faremos um bom jogo”, disse Valdir.

O Vasco quer voltar a vencer no Campeonato Brasileiro depois de quatro rodadas sem vitória (Foto: Rafael Ribeiro/CRVG)

O pensamento do Vasco é recuperar os pontos perdidos para o Ceará no Rio de Janeiro.

“Não esperávamos aquele empate contra o Ceará e por isso mesmo estamos projetando o futuro, com tranquilidade e com a certeza de que podemos render mais. É preeciso recuperar contra o Atlético Mineiro os pontos perdidos em casa, mesmo a gente sabendo que não é fácil jogar em Minas Gerais e contra um adversário qualificado”, disse o lateral-direito Yago Pikachu, que vem jogando improvisado no meio.

Se o Vasco quer apenas recuperar os pontos perdidos em casa, o Galo projeta vencer por conta de objetivos maiores.

“Estamos sempre buscando algo a mais em um clube de ponta como é o Atlético Mineiro e estaria mentindo se falasse que a gente não pensa no título. Ainda é possível, temos o returno inteiro pela frente, tudo pode acontecer. A gente vê equipes que estão na ponta tropeçando. É só ter confiança que vamos conseguir os objetivos”, disse o zagueiro Iago Maidana.

José Welison, que é o suspenso da vez por acúmulo de cartões amarelos, cede o posto a Elias, que volta de suspensão. Assim, Matheus Galdezani continua na equipe. No meio, uma dúvida de ordem técnica, com Nathan e Luan disputando posição.

O Vasco tem problemas para este jogo. O zagueiro Leandro Castán, com luxação e fratura de dedo da mão direita, e o lateral-esquerdo Ramon, com lesão na coxa esquerda, foram vetados. Henrique assume a vaga do último. Já na zaga as dificuldades são maiores, pois Breno, que poderia ser uma opção, segue com dores no joelho direito e não será relacionado. Ricardo é o mais cotado e deve herdar a vaga.

As duas equipes se enfrentaram em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), na estreia no Campeonato Brasileiro. Naquela ocasião o Vasco ganhou, de virada, por 2 a 1. Wágner e Yago Pikachu marcaram os gols vascaínos, após o venezuelano Rómulo Otero abrir o marcador para o Galo.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG x VASCO-RJ

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 23 de agosto de 2018 (Quinta-feira)
Horário: 20h(de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)

ATLÉTICO-MG: Victor; Emerson, Leonardo Silva, Iago Maidana e Fábio Santos; Matheus Galdezani, Elias e Juan Cazares; Nathan (Luan), Yimmi Chará e Ricardo Oliveira
Técnico: Thiago Larghi

VASCO: Martín Silva, Luiz Gustavo, Bruno Silva, Ricardo e Henrique; Leandro Desábato, Yago Pikachu, Giovanni Augusto, Wágner e Thiago Galhardo; Maxi López
Técnico: Valdir Bigode

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo