Blog

Em rede social, Pato desabafa sobre situação na China: “Não estou feliz”

O atacante Alexandre Pato é, a cada janela do mercado da bola, especulado como um possível reforço para algum grande time do futebol brasileiro. Este ano, Palmeiras, Santos e, como de praxe, o São Paulo, já apareceram como possíveis destinos do jogador. Tais situações não são por acaso e muito se devem também à intensa participação do atleta nas redes sociais. Desta vez, ele voltou a causar na web.

Em comentário na foto da equipe no Weibo, principal rede social chinesa, Pato deixou a mensagem “Eu não estou feliz :(“. Com isso, o jogador voltou a incendiar os torcedores brasileiros que gostariam de vê-lo em seus clubes. ​São-paulinos​santistas​palmeirenses ​corinthianos formam os que mais se manifestaram convidando o atleta a ser feliz em suas respectivas equipes.

Revelado pelo Internacional, em 2006, o atacante rapidamente se transformou em uma sensação do futebol brasileiro. Campeão mundial no mesmo ano em que chegou aos profissionais, despertou o interesse do Milan, da Itália, que no ano seguinte o contratou por 24 milhões de euros, a segunda maior transferência de um atleta brasileiro ao exterior na época, atrás apenas da ida de Denílson do São Paulo para o Bétis, da Espanha.

Na Europa, mostrou nas primeiras partidas que o time italiano havia feito um grande investimento. Com gols e jogadas de efeito, encantou os torcedores que haviam perdido recentemente o ídolo Shevchenko. Todavia, não demorou muito tempo para as lesões começarem a atrapalhar a promissora carreira do atacante brasileiro. Lesionado, o atleta perdeu espaço no Milan e na Seleção Brasileira.


Repatriado pelo Corinthians em 2013, não conseguiu ter atuações à altura do que era esperado. Assim, foi transferido no ano seguinte para o São Paulo, onde recuperou seu bom futebol e, após rápido retorno ao Timão, foi emprestado em 2016 ao Chelsea, da Inglaterra. De volta à Europa, não conseguiu nem de longe ser o jovem promissor que mostrou anos antes e, após rápida passagem pelo Villarreal, da Espanha, acertou em 2017 com o futebol chinês, onde permanece desde então.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo