Blog

D’Alessandro rebate críticas e faz desabafo sobre perseguição da imprensa

D’Alessandro é um dos grandes nomes da história recente do ​Internacional. Campeão da Libertadores da América pelo Colorado em 2010, da Copa Sul Americana de 2008 e da Recopa Sul Americana de 2011, o argentino também pode ser orgulhar por ter conquistado seis Campeonatos Gaúchos e ser protagonista de vitórias importantes da equipes. Aos 38 anos de idade, tem muita história para contar.


Entretanto, nem tudo são flores na trajetória do meia. Por diversas vezes, o atleta se sentiu injustamente perseguido pela imprensa brasileira. Até em situações positivas, como após a conquista de um título, o jogador viu se nome ser associado a um fato negativo e que, consequentemente, manchava sua imagem junto ao torcedor. Nesta sexta-feira (8), em entrevista coletiva, ele desabafou sobre a sua sensação:

​”Sempre que se fala no D’Alessandro se relaciona com salário, grana. Lembro de uma capa de jornal em 2009, eu tinha acabado de ganhar a Sul-Americana e o Gauchão com Inter e vivia uma fase ruim com Tite de técnico. E se falou quanto eu ganhava por minuto, por segundo, por dia, por mês e ano. Não tem nada a ver com rendimento se recebe ou não recebe. A gente acerta e erra. Se acordamos mal, temos dias ruins. O futebol é um trabalho e posso acordar e dar tudo errado. As críticas nunca são boas, mas servem para a gente evoluir. Eu sei quando erro, jogo mal. O problema é quando vai para o lado pessoal, e vocês (imprensa) são formadores de opinião, entram na cabeça do torcedor, que vai atrás disso e fica muito difícil controlar. Se espalha muito rápido. Uma mentira inventada, uma história para preencher espaço num jornal ou numa rádio gera uma dor grande e coloca de repente o caráter e a personalidade de alguém em dúvida. E a gente tem que se defender. Não estou aqui para brigar com vocês, mas para falar o que eu sinto”, disse o argentino.


O Internacional volta a campo neste domingo (10), contra o Aimoré, pela nona rodada da primeira fase do Campeonato Gaúcho. A bola rola às 16h no Beira-Rio e, vencendo, o Colorado pode encostar ainda mais no líder Grêmio. Com 16 pontos conquistados, está na segunda posição, quatro pontos atrás do Tricolor, que soma 20 pontos. O Caxias ocupa a terceira posição com 13 pontos.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo