Blog

Crise financeira do Santos atinge até ídolos eternos do clube

​Não são apenas os atuais jogadores do ​Santos que sofrem com os atrasos salariais do clube. Craques do passado, que foram companheiros do Rei Pelé na Vila Belmiro, afirmam que não receberam quantias referentes a um contrato para representar o Peixe em eventos.

De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

Uma das filhas de Coutinho, falecido no mês passado, disse ao ​blog do Perrone que seu pai foi atingido pelos problemas financeiros da instituição. Segundo Rosângela Cleiry Honório de Oliveira, houve atrasos na quantia referente a dezembro, janeiro, fevereiro e março. Porém, ela não pretende fazer uma reclamação formal pois avalia que os gastos com o funeral, cobertos pelo Santos, foram até superiores à dívida.

Na semana passada, Edu disseque já houve um acerto referente a dezembro, mas que os valores referentes a janeiro e fevereiro ainda estavam pendentes. Já Dorval, embora tenha confirmado a irregularidade, afirmou que tudo já havia sido colocado em dia. Conforme a direção do Santos, cada um dos cinco integrantes do projeto “Ídolos Eternos” vinha recebendo R$ 10 mil mensais, mas o contrato se encerrou ao final de 2018. “Estamos procurando a melhor forma para eles e para o clube de renovar”, afirmou a assessoria de imprensa da equipe praiana, admitindo que os ex-atletas também foram atingidos pelos problemas de fluxo de caixa do clube.

Para mais notícias do Santos, clique ​aqui.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo