Blog

Com o faro de gol em dia, Pikachu já divide holofotes O Dia – Vasco

Rio – Yago Pikachu inicia um ano diferente na Colina. Com status de artilheiro do Vasco em 2018, com 19 gols, o meia-atacante se tornou referência no esquema de Alberto Valentim e já divide o protagonismo com medalhões como Leandro Castan e Maxi López. Dono de um inegável faro de gol, o camisa 22 já marcou duas vezes na Taça Guanabara. Animado com os números, ele desconversa sobre o desafio de bater o próprio recorde, mas não foge do papel de destaque na equipe. 

“Sempre busco desafios. O primeiro é conquistar títulos, que nos garante um lugar na história do clube. Estou feliz, mas não quero colocar meta (de gols) porque a cobrança é maior. Jogo a jogo, espero evoluir para que os gols continuem a sair”, disse Pikachu.

PONTARIA CALIBRADA

Na estreia do Vasco na Copa do Brasil, amanhã, contra o Juazeirense-BA, no Estádio Adauto Moraes, Yago Pikachu terá a chance de marcar o primeiro gol de bola rolando no ano. Com a pontaria calibrada, ele converteu dois de pênalti. Dos 19 marcados no ano passado, seis foram de penalidade. Com mais um ponto forte a seu favor, ele revela que só perdeu uma cobrança em toda a carreira.

“Já fiz alguns. No ano passado comecei a bater pênaltis no Vasco. Treino para isso. Perdi apenas um, quando estava no Paysandu. Foi no meu primeiro ano como profissional, em 2012. Venho treinando para aperfeiçoar o fundamento porque sei que a equipe pode precisar durante o jogo”, disse Pikachu.

Com o contrato prorrogado até dezembro de 2021, Pikachu chegou a receber sondagens do exterior, mas aposta em mais um ano na Colina para fazer história.

 

Classificado com 100% de aproveitamento para a semifinal da Taça Guanabara, o Vasco desvia momentaneamente o foco do Resende, adversário de domingo. De olho no compromisso com o Juazeirense-BA, amanhã, no Estádio Adalto Moraes, o zagueiro destaca a evolução da equipe às vésperas da estreia na Copa do Brasil, que premiará o campeão com até R$ 70 milhões.

“A Copa do Brasil é uma competição muito importante, talvez seja a mais importante do ano para nós. Iremos encará-la com muita seriedade. Não será fácil, iremos atuar fora de casa, mas queremos fazer um bom papel, algo que conseguimos fazer nos primeiros jogos do Carioca”, disse o zagueiro ao site oficial do clube.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo