Blog

Avaí aposta em força da Ressacada e máxima intensidade para eliminar Vasco

​O ​Avaí tem a chance de, em casa, decidir o seu futuro na Copa do Brasil. Depois de empatar por 2 a 2 com o ​Vasco da Gama, em São Januário, o time catarinense jogará na Ressacada por uma vitória simples para eliminar o rival e seguir para a quarta fase do torneio. Por isso, existe uma opinião: a equipe precisa fazer valer o fator local para impor o seu estilo de jogo.

De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

“Vamos enfrentar uma equipe de alto nível, mas estaremos em casa, diante da nossa torcida, e precisaremos impor o nosso ritmo de jogo. Mas, claro, é importante termos equilíbrio durante os 90 minutos para buscarmos essa vaga”, afirmou o meia André Moritz. Mesmo diante de um adversário de maior grandeza no cenário nacional, o jogador deixa claro que o Avaí precisa pensar em voos mais altos. E, para tanto, existe uma receita. “A Copa do Brasil é, sem dúvida alguma, uma das competições mais complicadas que disputamos. É importante ter intensidade máxima durante os 90 minutos para irmos o mais distante possível. Vamos lutar muito por isso”, acrescentou.

No último domingo, em partida contra a Chapecoense pela última rodada da fase classificatória do Campeonato Catarinense, o técnico Geninho poupou boa parte de seus titulares e, mesmo assim, viu sua equipe vencer por 2 a 1. Classificado à semifinal com a melhor campanha do Regional, agora terá o Criciúma pela frente. Mas antes, claro, tentará seguir na competição nacional. O momento, pelo visto, é propício para isso. Um novo empate com o Vasco, na próxima quarta-feira, levará a definição do classificado para os pênaltis.

Para mais notícias do Avaí, clique ​aqui.

Foto: Jamira Furlani / Avaí / Divulgação

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo