Blog

Audiência entre Fred e Cruzeiro termina sem acordo; partes têm pouco menos de dois meses para buscar conciliação

Miguel Schincariol/Getty Images

Ficou para o dia 16 de novembro. Nesta segunda-feira, Cruzeiro e Fred mais uma vez não chegaram a um acordo para colocar fim à ação trabalhista proposta pelo centroavante contra o clube mineiro. Segundo ata da audiência virtual, as partes pediram um prazo derradeiro, até o próximo encontro, para buscar uma conciliação extrajudicial.

Fred, hoje no Fluminense, entrou na Justiça em fevereiro. Além de pedir a rescisão contratual, passou a cobrar uma dívida de R$ 78 milhões por conta de atrasos salariais, verbas adicionais e, também, R$ 50 milhões de multa pela quebra do vínculo. Na visão de sua defesa, o rompimento do vínculo foi motivado pela própria instituição, que não cumpriu o que estava previsto no compromisso assinado. Neste meio tempo, o Cruzeiro tentou derrubar a liminar que qarantia a quebra de contrato, mas o profissional apresentou impugnação às reclamações azuis.

O processo corre na 1ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte. Inicialmente, a audiência desta segunda estava marcada para 20 de outubro, mas Fred pediu antecipação do julgamento e se colocou à disposição para um acordo, que acabou não ocorrendo. Atleta e clube também brigam no Tribunal de Justiça de Minas Gerais, em ação movida pela Seven Sports, empresa ligada ao jogador. Em pauta, questões relativas a direitos de imagem. O valor da causa chega a R$ 3,3 milhões. Além disso, estão “unidos” em discussão contra o Atlético-MG por conta da troca de clube, sem pagamento de multa prevista em contrato, ao final de 2017.

Para mais notícias do Cruzeiro, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo