Blog

Atacantes em alta, meia em baixa: realidade do Fla se mantém após estreia

Que o ​Flamengo sofreu com a altitude de Oruro, isso ninguém tem dúvida. Ninguém fica imune ao ar rarefeito de quase quatro mil metros de altura da cidade boliviana. Só que, no intervalo da partida desta terça-feira, na estreia rubro-negra na Libertadores da América, o único a ser sacado foi o uruguaio De Arrascaeta. Foi apenas mais um sinal de que a contratação mais cara da história do clube segue rendendo pouco.

De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

Ao final do duelo, mesmo sem citar o nome do uruguaio, o técnico Abel Braga ressaltou o crescimento da equipe, que acabou vencendo por 1 a 0. “Não estávamos nos acertando bem em nível de marcação, mas no segundo tempo tivemos uma postura bem diferente, com mais proteção de bola. Acho que o resultado foi justo”, disse. Ao tirar o gringo do time, o treinador deixou nas entrelinhas que, mais uma vez, não estava gostando do seu desempenho. O problema é que, para muitas pessoas, o próprio comandante é o responsável por esta situação, uma vez que tem escalado o atleta aberto pelo lado direito, com a função de acompanhar a subida do lateral. Aliás, no Cruzeiro já ficou clara esta sua dificuldade, tanto que Mano Menezes precisou trocá-lo de função, o deixando mais centralizado, sem muitas obrigações defensivas. Assim, mais perto dos atacantes, ele cresceu de produção.

Ao mesmo tempo, a dupla Gabigol e Bruno Henrique parece cada vez mais afinada. Na Bolívia, o gol do camisa 9 só saiu após jogada que começou com o companheiro. No total até aqui em 2019, cada um balançou a rede em quatro oportunidades e deu duas assistências para o colega. “Ele é um jogador diferente. No Santos, gostava de jogar com ele, mas não foi tão possível por conta das lesões. Eu fui um dos que mais fez força para ele vir para cá, porque sei da qualidade dele”, elogiou Gabigol. É, enquanto alguns já brilham pelo Mengão, De Arrascaeta pena…

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo