Blog

As 5 piores contratações do Real Madrid nos últimos cinco anos

Real Madrid CF v Villarreal CF – La Liga | Angel Martinez/Getty Images

Para se consagrar e se consolidar como o maior campeão de seu país e de seu continente, o Real Madrid precisou ser mais certeiro do que aventureiro em suas investidas de mercado ao longo das últimas décadas. Sempre fartas e recheadas de grandes talentos, as janelas de transferências do gigante espanhol costumam gerar grandes frutos ao clube. Mas, obviamente, há também os erros pontuais pelo caminho.

A seguir, listamos as cinco piores contratações feitas pelo Real Madrid nos últimos cinco anos, levando em conta apenas o retorno esportivo (ou ausência dele) dado por estes jogadores ao clube:

Alvaro Odriozola
Club Brugge KV v Real Madrid: Group A – UEFA Champions League | Jean Catuffe/Getty Images

Analisando somente qualidade técnica, o lateral-direito de 24 anos poderia até ter escapado desta lista, mas é preciso olhar o panorama mais amplo: o Real Madrid pagou 30 milhões de euros para tirá-lo da Real Sociedad em 2018, contudo, ele jamais conseguiu sequer ameaçar a titularidade de Dani Carvajal, que passa longe de ser um ‘craque’. Sem espaço na capital espanhola, Odriozola acabou sendo emprestado ao Bayern em janeiro de 2020, mas já retornou ao elenco merengue.

Lucas Silva
Real Madrid vs AS Roma | Robert Cianflone/Getty Images

Oficialmente contratado pelo Real Madrid em janeiro de 2015, Lucas Silva foi uma grande decepção nos bastidores do clube espanhol. Apesar de promissor, o volante jamais conseguiu se firmar em solo espanhol, sucumbindo à forte concorrência de seu setor. Rescindiu seu contrato em setembro de 2019, com apenas nove partidas disputadas com a camisa merengue, empilhando empréstimos neste meio-tempo.

Mariano Diaz Mejia
Real Madrid Unveil New Signing Mariano | Quality Sport Images/Getty Images

Em agosto de 2018, o Real Madrid pagou algo em torno de R$ 105 milhões para repatriar um jogador formado em sua base: o centroavante Mariano Díaz, que vinha de boas temporadas vestindo a camisa do Lyon. Mas a ‘volta à casa’ não foi nada impactante para clube e jogador, pouquíssimo aproveitado por Zidane nas últimas temporadas. Até aqui, ele soma apenas 26 aparições oficiais em campo, com cinco gols anotados.

Alvaro Morata
Granada CF v Real Madrid CF – La Liga | Aitor Alcalde/Getty Images

Essa é uma negociação que até hoje não faz sentido na cabeça do torcedor merengue. Formado na base do Real, Morata acabou sendo vendido à Juventus em 2014, já que não conseguia ‘dar o salto’ profissionalmente no Santiago Bernabéu por conta da concorrência em seu setor. Após dois bons anos na Itália, o clube espanhol resolveu recomprá-lo por cifras maiores do que obteve em sua saída. Tudo isso para novamente não aproveitar o atacante, que hoje veste a camisa do rival Atlético.

Danilo
Real Madrid v AC Milan – International Champions Cup | Lintao Zhang/Getty Images

Fechamos essa lista com mais um caso de lateral-direito que não marcou época na capital espanhola. Contratado por 30 milhões de euros junto ao Porto, no ano de 2015, o brasileiro simplesmente ‘não aconteceu’ vestindo a pesada camisa merengue: sua passagem foi marcada por erros graves, falhas defensivas e muitas críticas das arquibancadas e da imprensa local, culminando em sua partida dois anos depois, rumo ao Manchester City.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo