Blog

Arbitragem é protagonista em São Paulo x Palmeiras e gera reclamações

​A noite de sábado reservou aos amantes do futebol o primeiro dos clássicos na fase semifinal do Campeonato Paulista. Pela partida de ida, o ​São Paulo recebeu o ​Palmeiras no Morumbi, mas as equipes não saíram de um empate sem gols. Além da igualdade no placar, as duas equipes deixaram o gramado também com algo em comum: reclamações contra a arbitragem.

O lance mais polêmico envolveu um pênalti de Reinaldo em Dudu no primeiro tempo. Marcado inicialmente, foi cancelado com a tecnologia do VAR. A demora na tomada da decisão acirrou os ânimos e ainda levou o técnico Luiz Felipe Scolari a criticar veementemente a forma como a novidade tem sido conduzida:

Todos estão vendo que quem manda no jogo é quem está na cabine. Se assobiar na cabine, o cara troca aqui. O árbitro não manda mais nada, zero, ele não toma decisão nenhuma. Ele está esperando que o lá de cima fale alguma coisa. Ele não tem autoridade mais nenhuma. Zero. Não é pelo jogo de hoje. Está sendo assim em todo lugar. Aqui, no Rio…”, esbravejou.

​​

FBL-SUDAMERICANA-DEFENSA-CHAPECOENSE

Por outro lado, Vagner Mancini não foi muito diferente nas reclamações. Para o comandante interino do São Paulo, muitas decisões do árbitro Vinícius Furlan foram duvidosas e prejudicaram o resultado final do duelo:

O fato de não marcar o pênalti fez com que ele analisasse de maneira diferente alguns lances. Não marcou três lances de falta para a gente. Acho que a postura do árbitro se alterou ao longo do jogo, quando você reclama de um lance e vê que a interpretação foi errada, a gente fica envergonhado”, avaliou.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo