Blog

Árabes rechaçam compra, e meia emprestado deve retornar ao Atlético-MG

Uma das esperanças do ​Atlético-MG em fazer caixa com negociações praticamente se extinguiu nas últimas semanas. Emprestado ao Al-Wehda até o final de junho de 2019, Rômulo Otero não está nos planos do clube saudita e deve retornar à Cidade do Galo em breve.

Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​De acordo com a apuração do ​UOL Esportes, o clube saudita não tem intenções de exercer o direito de compra do meio-campista, estipulado contratualmente em cinco milhões de euros (algo em torno de R$ 22,2 milhões). A evidência clara de que o Al-Wehda não vislumbra manter o atleta em seu elenco é o fato do prazo para pagamento já ter vencido há muito: tal valor teria que ser depositado em duas parcelas idênticas de 2,5 milhões de euros, sendo a primeira delas em dezembro de 2018, e a segunda em março deste ano.

Dono de 50% dos direitos econômicos do venezuelano – a outra metade pertence ao Huachipato (CHI) -, o Galo via o armador como uma fonte de receita importante para 2019, já não tem planos de reintegrá-lo ao atual grupo de Levir Culpi. A esperança da diretoria alvinegra segue em uma negociação posterior ao encerramento do vínculo de empréstimo, provavelmente sob novos termos, ou com outros clubes de mercados secundários. O contrato de Rômulo Otero com o clube mineiro tem validade até dezembro de 2020.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo