Blog

Após gol no fim, jogadores do Vasco criticam postura defensiva

O Vasco desperdiçou a chance de entrar na zona de classificação para a Libertadores ao empatar por 1 a 1 com o Vitória, neste domingo, no Maracanã. Os cruzmaltinos sofreram o revés já nos acréscimos. Após a partida, o meia Nenê não escondeu a irritação com a postura vascaína durante o confronto.

“A gente não aprende. A gente faz o gol e fica jogando para trás”, criticou o meia.

Jovem Paulinho pede mais atenção na cobertura (Foto: Paulo Fernandes/ CRVG)

O jovem Paulinho também citou o recuo excessivo do Vasco durante o jogo. Mais calmo que o companheiro veterano, o atacante disse que o Vasco sair à frente e levar o gol depois não é um fato novo.

“Faltou concentração mais uma vez. Do Mundial, eu vi que o Vasco fazia o gol e levava o empate. Aconteceu novamente hoje. Temos que trabalhar para acabar com isso”, declarou.

Com o resultado, os vascaínos chegaram a 45 pontos e seguem em oitavo, dois pontos atrás do rival Flamengo. O Vasco volta a campo nesta quarta-feira, contra o vice-líder Santos, na Vila Belmiro. Para esta partida, o técnico Zé Ricardo já sabe que não poderá contar com o goleiro Martín Silva, que estará com a seleção uruguaia, além do lateral direito Madson e o atacante Luís Fabiano, que levaram o terceiro cartão amarelo neste domingo.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo