Blog

Alexandre Campello admite surpresa com atitude de Maxi López

Maxi López pediu a rescisão de contrato com o Vasco (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br)

Durante a assinatura da cessão do terreno onde será o CT do Vasco, o presidente Alexandre Campello falou com a imprensa sobre a saída de Maxi López. O mandatário confirmou que o jogador entrou na Justiça por conta do atraso de salário e alegou surpresa com o fato.

“Marcaram uma reunião para terça-feira e aí, surpreendentemente, na segunda-feira tomamos conhecimento dessa ação. É uma surpresa para mim esse comportamento. Essa foi a conversa que tive com ele, a única, e depois disso tínhamos uma reunião marcada para terça e, na segunda, o representante dele ligou cancelando a reunião e dizendo que estavam entrando na Justiça. Alegou uma série de coisas que não são verdade, como falta de pagamento de auxílio moradia, entre outros. De fato o Vasco tem dois meses de salário atrasado com ele. É isso”, disse o presidente

Mesmo com a atitude, Campello seguiu com o discurso de respeito a Maxi López. “Temos um respeito muito grande pelo Maxi. Ele foi muito importante na campanha de 2018. Sempre tratamos o jogador com muita distinção, com muito cuidado, de uma maneira especial, obviamente a gente não pode interferir nas escolhas dos treinadores. Ele me procurou dizendo que não estava satisfeito com os acontecimentos e que gostaria de rescindir o contrato de uma maneira amigável, não causar nenhum problema e tudo mais”, declarou.

O presidente cruzmaltino busca a autorização do Conselho Deliberativo para conseguir um empréstimo de R$ 30 milhões. Com o dinheiro, Alexandre Campello espera quitar as dívidas com o elenco e a aquisição de reforços para o restante da temporada.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo