Blog

Agora na Chape, Douglas reencontra o Vasco pela primeira vez

A partida deste domingo diante do Vasco, na Arena Condá, terá um sabor especial para o zagueiro Douglas. No duelo pela segunda rodada do Brasileirão, o camisa 23 da Chapecoense enfrentará o Cruzmaltino pelo primeira vez desde que deixou São Januário. Vendido do clube carioca para o Dnipro, da Ucrânia, no início de 2013, Douglas viveu ótimo momento na equipe campeã da Copa do Brasil 2011 e vice-campeã do Brasileirão 2012.

Em sua passagem pelo Vasco, entre 2010 e 2013, Douglas passou a ser reconhecido no cenário nacional. O time do Rio de Janeiro foi a equipe brasileira que o jogador mais atuou na carreira. Ao todo, foram 48 jogos e dois gols.

Pelo Vasco, Douglas foi campeã da Copa do Brasil (2011) e vice-campeão brasileiro (2012) (Foto: Divulgação/CRVG)

“Sou muito grato ao Vasco por ter me aberto as portas, ainda sem ser conhecido para o futebol. Pude atuar em uma equipe que tinha grandes jogadores, como Juninho Pernambucano, Diego Souza, Dedé, Anderson Martins, entre outros. Era um grupo forte e que consegui conquistar meu espaço. As boas apresentações e a boa exposição que tive no clube foram fundamentais para o meu crescimento profissional. Por isso, a partida deste domingo será muito especial para mim”, comentou.

Antes de atuar pelo Vasco, Douglas jogou pelo Juventude (RS) e América (RN). E em seu retorno ao Brasil, após três anos no Dnipro, o defensor jogou pelo São Paulo e agora defende a Chapecoense.

Além do reencontro com o ex-clube, Douglas tem a missão de ajudar a Chape a voltar ao caminho das vitórias, já que a equipe perdeu os dois últimos desafios disputados: 5 a 1 para o Atlético-PR, na estreia do Brasileirão, e 2 a 0 para o Figueirense, na decisão do Campeonato Catarinense.

Douglas já tem 23 jogos e um gol pela Chapecoense (Foto: Divulgação/ACF)

“Sem dúvidas, precisamos voltar a dar alegrias à nossa torcida. Tivemos dois resultados muito ruins e precisamos reagir. Conversamos e trabalhamos muito ao longo da semana para acertarmos nossos erros. Sabemos do nosso potencial e da força de nossa torcida na Arena Condá. Temos confiança de que podemos reverter essa situação já no jogo diante do Vasco”.

Enquanto o Vasco é a equipe brasileira que mais atuou na carreira, a Chapecoense já aparece como o terceiro time nacional que Douglas mais jogou desde que estreou como atleta profissional. Pelo clube, foram 23 jogos e um gol. O Juventude (RS) é a segunda equipe, com 33 partidas. O Dnipro aparece como o clube que o zagueiro mais jogou na carreira: 85 desafios e um gol.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo