Blog

Acordo de rescisão entre Grêmio e Thiago Neves envolve cifras milionárias; jogador exige até valor por danos morais

Lucas Uebel/Getty Images

A rescisão de contrato de Thiago Neves custou, sim, muito caro ao Grêmio. Muito embora o clube tivesse que arcar com valores bem superiores caso a cláusula de renovação automática por mais uma temporada fosse ativada, as cifras do acordo entre as partes chegam a R$ 3,49 milhões. Os números foram confirmados pelo Uol Esporte.

COMPRE AGORA: Veja como obter a terceira camisa do Grêmio e muito mais na FutFanatics!

As partes alcançaram um denominador comum sem a necessidade de se ir à Justiça. Além de quatro meses de salário e 13º, o Tricolor, mesmo que de forma parcelada, vai ter que pagar por desempenho atingido em 2020 e, também, por danos morais. O atleta não gostou da forma como ficou sabendo da decisão do presidente Romildo Bolzan Júnior em romper o vínculo. A comunicação se deu por telefone, sem registro formal, e as primeiras informações foram vazadas atravésa da imprensa, o que incomodou bastante Thiago Neves e seu estafe.

Com a camisa do Grêmio, o meia-atacante entrou em campo 14 vezes e marcou apenas um gol. Depois de assinar um pré-contrato com o Atlético-MG e ver o clube recuar na contratação por conta da repercussão negativa junto aos torcedores (cobra R$ 20 milhões do Galo por conta disso), ele fechou com o Sport para a sequência do Campeonato Brasileiro.

Para mais notícias do Grêmio, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo