Blog

8 jogadores que destruíram em todas as ligas em que jogaram

​É preciso jogar muita bola para dominar e ser referência em uma liga. Todavia, só grandes estrelas do futebol conseguem realizar isso em todos os campeonatos em que participaram. Por isso, nós do 90min listamos abaixo 8 jogadores que destruíram em todos os países por qual passaram.


Ruud Van Nistelrooy

Van Nistelrooy é um dos atacantes mais subestimados dos últimos 20 anos. Seu faro impressionante de gols em diferentes países muitas vezes não é lembrado pelo público. O holandês, após se recuperar de uma lesão no joelho em 2000, marcou 60 gols na Eredivisie em suas duas primeiras temporadas com o PSV. Foi artilheiro duas vezes e campeão uma vez. Quando foi para o Manchester United, marcou 95 gols na Premier League em 150 jogos, foi campeão da liga e vencedor da chuteira de ouro em 2002/03. Posteriormente, anotou outros 25 gols em La Liga em sua temporada de estreia com o Real Madrid, que ajudaram os Merengues a derrubar o Barcelona. Por lá, conseguiu ser artilheiro novamente. A terceira liga diferente.


Deco

Deco,Pablo Martin Ledesma

Deco foi ídolo em diversos clubes por que passou. Teve uma carreira extremamente vitoriosa. Pela Primeira Liga, no Porto, conquistou três campeonatos, fora outros troféus nacionais. Deixou o clube para jogar no Barcelona, onde conquistou duas La Ligas. Ainda venceu a Premier League com o Chelsea antes de voltar ao Brasil para defender o Fluminense, clube pelo qual levantou dois Campeonatos Brasileiros em um período de três anos. 


Carlos Tévez

Carlos Tevez

​Tévez conquistou títulos nacionais com cinco clubes diferentes e em quatro ligas diferentes, sendo peça fundamental em todos eles. Também faz parte da pequena lista de jogadores que já ganharam a Libertadores e a Champions League. O atacante conquistou seus primeiros títulos nacionais com o Boca Juniors, somando mais um no Brasil depois de uma temporada de muitos gols no Corinthians. Depois veio a Inglaterra, onde 14 gols da Premier League ajudaram o Manchester United a vencer título de 2007/08. Mais tarde, Tévez conquistou a Premier League com o Manchester City em 2011/12, antes de marcar 39 gols na Serie A em duas temporadas com a Juventus para ganhar mais dois campeonatos nacionais.


Didier Drogba

Chelsea's Ivory Coast striker Didier Dro

Em seu auge, Drogba era um jogador imparável. A habilidade, força, precisão e vontade de ganhar o tornaram em um atacante completo, com um faro de gol impressionante. O Chelsea pagou na época 24 milhões de libras ao Olympique de Marselha para levá-lo a Stamford Bridge. Depois de três títulos da Premier League e duas Chuteiras de Ouro, ele partiu para a China em 2012. O marfinense também foi campeão turco no Galatasaray nos anos seguintes. Depois ainda voltou à Inglaterra para ganhar mais um título inglês, também pelos Blues.


Arjen Robben

Arjen Robben

Arjen Robben possui uma carreira extremamente vitoriosa. Venceu títulos por todos os clubes por que passou exceto o justamente o que o revelou. A maratona de troféus começou com um título da Eredivisie, começando a ser reconhecido como uma grande promessa com o PSV em 2002/03. Dois títulos da Premier League, conquistados no Chelsea, viriam depois, com o holandês sendo uma das estrelas da equipe. Novamente trocando de ares, mudou-se para a Espanha e conquistou a liga com o Real Madrid. O maior sucesso de Robben, porém, está no Bayern de Munique, onde conquistou oito títulos de Bundesliga em 10 temporadas.


Luis Suárez

Luis Suarez

Apesar das polêmicas que o cercam, Suárez é um dos jogadores mais vitoriosos e um dos maiores atacantes da atualidade, conquistando prêmios de artilharia em diversos campeonatos. O uruguaio teve uma média de mais de um gol por jogo quando marcou 35 vezes pelo Ajax em 2009/10. As 31 vezes que balançou as redes pelo Liverpool em 2013/14 vieram em apenas 33 jogos no campeonato, enquanto ele novamente conseguiu mais de um gol por jogo numa temporada com o Barcelona, marcando 40 vezes.


Zlatan Ibrahimovic

Zlatan Ibrahimovic

O número de títulos nacionais de Zlatan Ibrahimovic é impressionante, e isso não se dá pelo atleta mudar de país a cada alguns anos. Em 2016, o lendário sueco havia vencido campeonatos em 12 temporadas de 14, incluindo as duas que foram retiradas da Juventus devido ao escândalo de manipulação de resultados. Esse sucesso começou na Holanda com o Ajax, depois passou para Itália com a Juventus e a Inter e Milão, na Espanha com o Barcelona e na França com o Paris Saint-Germain. Ibrahimovic não conquistou liga local com o Manchester United, mas copas. Conseguiu também 17 gols na Premier League em apenas uma temporada, aos 35 anos. Ele também se manteve firme em um novo país, com o LA Galaxy na Major League Soccer, aos 37 anos.


Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo mostrou a todos que seria um dos melhores do mundo em sua quarta temporada com o Manchester United. Conquistou três títulos e marcou já espantosos 66 gols em seus últimos três anos no clube. Também conquistando seus primeiros triunfos na Liga dos Campeões e na Bola de Ouro. No Real Madrid, deixou um legado impressionante, sendo extremamente consistente por uma década inteira. Terminou sua passagem com 311 gols em La Liga em menos de 300 jogos. O ícone português também conseguiu ganhar dois títulos espanhóis para botar na conta junto de seus quatro triunfos na Liga dos Campeões. Mesmo no quarto país de sua carreira, depois de Portugal, Inglaterra e Espanha, Cristiano continuou a dominar na Itália ao transferir-se para a Juventus. Garantiu o título da Série A em sua temporada de estreia e o prêmio de melhor jogador.


Este artigo é trazido a você por Godzilla II: Rei dos Monstros, nos cinemas em breve. Confira o trailer abaixo:

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo