Blog

​Renato Portaluppi se irrita com empate e fala em lances que o deixaram “aborrecido”

O ​Grêmio enfrentou e empatou por 0 a 0 neste domingo (31), o São Luiz, em jogo válido pela primeira “decisão” da semifinal do Campeonato Gaúcho, no estádio 19 de outubro. O resultado não agradou o técnico Renato Portaluppi, que deixou claro na coletiva o seu descontentamento com o placar.

O treinador reconheceu a entrega dos jogadores, mas destacou que se aborreceu com a “falta de tesão para fazer gol”, o que foi fundamental para que o Imortal não abrisse o marcador.

“Valeu pela luta. Mas meu aborrecimento foi que a gente não teve… A palavra certa é o tesão para fazer o gol. Na semifinal do campeonato, não pode querer inventar. Tem que fazer o simples. O gol bonito não vale dois. O gol vale um gol, de qualquer forma. Tivemos grandes oportunidades no segundo tempo, e infelizmente, a gente não aproveitou”, lamentou Renato.

“Eu digo falta de tesão é de todo mundo. A equipe lutou, brigou. Eu falo no momento de finalizar. As duas grandes chances que tivemos no segundo tempo, o Thaciano foi matar no peito dentro da área pequena, e com o Pepê tinha sete metros na frente dele e chutou em cima do goleiro. Foram esses dois lances que me aborreceram. A gente tem que dar méritos para o adversário, brigou bastante. Temos 90 minutos na Arena. Lá vai ser diferente”, completou. 

O ​Grêmio volta a campo na próxima quinta-feira (4), pela Libertadores da América, contra a Universidad Católica. Devido aos últimos resultados na competição continental, uma vitória é importante para que a equipe gaúcha siga viva no Grupo H. 

Todos os Créditos

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vasco vence e complica o Cruzeiro; veja coletiva de Vanderlei Luxemburgo